fbpx

“Campinas de Todos os Povos” atende imigrantes e refugiados no Ceprocamp

A ação “Campinas de Todos os Povos” atenderá, no próximo sábado, dia 21 de setembro, imigrantes e refugiados no Ceprocamp (Centro de Profissionalização de Campinas). Os participantes terão acesso ao cadastro para programas sociais; orientações jurídicas; confecção de currículos; oficinas de multiculturalidades, atenção básica à saúde; alimentação saudável; e divulgação de cursos. O atendimento ocorrerá entre 10h e 16h.

 

A ação é uma iniciativa do Serviço de Referência  ao Imigrante, Refugiado e Apátrida da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) com vários parceiros. A proposta é recepcionar de modo concentrado, imigrantes e refugiados, num só local e num só dia, permitindo um atendimento mais rápido e eficiente para o acesso a diversos serviços.


 

De acordo com o diretor do Departamento de Direitos Humanos da SMASDH, Fábio Custódio, o material de divulgação foi produzido em cinco idiomas para alcançar o maior número possível de imigrantes e refugiados.

 

“Estamos fazendo a divulgação do evento pelas redes sociais, nos grupos atendidos pelo nosso serviço de referência e para aqueles que são acompanhados por organizações da sociedade civil e nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). Queremos que a informação chegue às famílias e indivíduos – imigrantes e refugiados. O folder com a programação do evento foi redigido em português, inglês, espanhol, crioulo haitiano e francês”, detalhou.

 

Ainda conforme o diretor, o Serviço de Referência ao Imigrante, Refugiado e Apátrida da SMASDH, atende, diariamente, cidadãos oriundos de diversas partes do mundo que escolheram Campinas como local para recomeçar suas vidas e fornece informações e acompanhamento apropriado. Contudo, há vários meses, esse fluxo migratório tem aumentado significativamente, exigindo ações mais ampliadas de recepção dessa demanda, o que motivou a realização do “Campinas de Todos os Povos”.

 

Para as organizações e pessoas que tenham interesse em atuar como voluntárias junto às comunidades imigrantes e refugiadas, de Campinas e região, também haverá uma oficina de Formação de Voluntariado que contará com a apresentação das ações que já estão sendo desenvolvidas.

 

Para realizar esse atendimento conjunto e concentrado, o Serviço de Referência uniu esforços com vários parceiros: Flexpert Treinamentos da ONG Sietar Brasil; Casa de Cultura Haiti-Brasil (CCHB); Rede de Apoio ao Imigrante e Refugiado (RAIR); Missão Paz; Observatório das Migrações de São Paulo; Rede Humanitária da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Ministério Público do Trabalho (MPT) e Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp).

Programação

– CadÚnico: realização de cadastro para acesso aos Programas Sociais, como o Bolsa Família e o Cartão Nutrir

 

– Orientações para regularização da situação migratória e de documentos junto à Polícia Federal (Atualizações/Renovações, CPF, Carteira de Trabalho, e outros)

 

– Orientações Jurídicas e Trabalhistas

 

– Confecção de Currículos / Inclusão de Currículos no Banco de Currículos

 

– Oficina de Multiculturalidades

 

– Oficina sobre Alimentação Saudável

 

– Orientações sobre Atenção Básica à Saúde

 

– Divulgação de cursos

 

– Oficina de Formação de Voluntariado

 

– Exibição da 12ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos

 

Serviço:

“Campinas de Todos os Povos”

Dia: 21/09

Horário: das 10h às 16h

Local: Ceprocamp

Endereço: Avenida 20 de Novembro, nº 145 (ao lado da Estação Cultura)