fbpx

15º Festival do Japão celebra a imigração e nova Era Imperial japonesa

A 15º edição do Festival do Japão de Campinas reuniu a comunidade no último final de semana na sede do Instituto Cultural Nipo-Brasileiro, no bairro Guanabara. Várias atrações culturais e gastronômicas animaram os visitantes. O vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, participou no sábado, dia 8 de junho, da abertura oficial do Festival. Também prestigiaram o evento os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, André Von Zuben, o de Esportes e Lazer, Dário Saadi, e o de Trabalho e Renda, Luís Yabíku.

 

O festival foi realizado durante todo o final de semana para lembrar os 111 anos da imigração japonesa no Brasil e também comemorar a nova Era Imperial no Japão, chamada pelos japoneses de “Reiwa”.


 

A nova Era Imperial Reiwa começou em 1º de maio de 2019, com a entronização do imperador Naruhito, um dia depois que o então líder do país oriental, Akihito, abdicou do trono. Esta troca de poderes no comando do Japão marcou o fim da era Heisei. Assim, o Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas dedicou a 15ª edição do Festival do Japão ao novo casal imperial, o imperador Naruhito e a imperatriz Masako, desejando longa vida e sucesso no seu reinado.

 

“A contribuição da comunidade japonesa a Campinas é muito significativa. Seus descendentes integram a população de nossa cidade há muito tempo, contribuindo para o seu desenvolvimento. Destacam-se em várias áreas: na educação, nas engenharias, tecnologias, comércio, entre outras atividades”, lembrou o vice-prefeito. Para Henrique Magalhães Teixeira, a relação entre a cidade e a colônia possui laços fortes. “Podemos afirmar que Campinas abraçou essa imigração com muito carinho e recebeu em troca o trabalho dedicado de seus integrantes.”

 

Entre as atrações, o Festival do Japão levou para o público a apresentações artísticas da cultura nipônica, como danças e tambores (taiko), comidas típicas e artesanato. 

 

O evento faz parte do Calendário Oficial de Campinas e integra a Semana da Comunidade Japonesa do município, conforme está previsto na Lei 9.736, de 6 de maio de 1999. 

 

Desde 1951, o Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas vem preservando e divulgando a cultura japonesa aos descendentes e à sociedade em geral.