Connect with us

Nossa Cidade

Ações no Dia Nacional Sem Fumo buscam divulgar programa e estimular adesão

Para marcar o Dia Nacional Sem Fumo, celebrado nesta terça-feira, dia 29, a Prefeitura de Campinas promove diversas ações no âmbito do Programa Municipal de Tabagismo da Secretaria de Saúde. As atividades, que ocorrem durante toda esta semana, incluem encontros com pacientes nos Centros de Saúde do Jardim Eulina, Paranapanema e outros.

O Programa de Tabagismo auxilia as pessoas a pararem de fumar, oferecendo terapias em grupo, orientações nutricionais e palestras de motivação. Equipes multidisciplinares – com médico, profissional de enfermagem, psicologia e farmácia, terapia ocupacional, agentes comunitários de saúde, entre outros – atendem os participantes, que têm sessões individuais e, quando há necessidade, tratamento medicamentoso.


Atualmente, em Campinas, 26 unidades de saúde oferecem o programa. O número de pessoas atendidas passou de uma média de 500 pessoas em 2006 para cerca de 1400 por ano a partir de 2014. “Em 2017, a expectativa é que o programa ultrapasse esses números, alcançando ainda mais pessoas”, afirma o coordenador do Programa de Tabagismo, o médico Mario Becker.

Considerado uma doença, o tabagismo é caracterizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a dependência da nicotina. A droga está presente nos produtos de tabaco, como o cigarro industrializado de papel e eletrônico, charuto, cachimbo, narguilé, cigarro de palha ou fumo de rolo.

Estudo publicado pela revista científica Lancet mostra que dos homens brasileiros, 12,6% são fumantes. Entre as mulheres, o índice é de 8,2%. O levantamento reflete também a realidade de Campinas.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, 428 pessoas morrem por dia devido ao tabagismo. Doenças associadas ao tabagismo são responsáveis por 12,6% de todas as mortes ocorridas no País.

Segundo o coordenador do Programa de Tabagismo da Saúde, “é extremamente importante desenvolver políticas públicas de combate ao tabagismo”. Becker destaca o valor da diminuição do número de fumantes, não somente para a saúde dos próprios tabagistas, mas também para as pessoas com quem convivem. “Ao se diminuir o tabagismo ativo, diminue-se o número de vítimas passivas, desde o feto até o idosos”, afirmou.

De acordo com o estudo “Tabagismo no Brasil: Morte, Doença e Política de Preços e Esforços”, divulgado pelo INCA, neste ano, o Brasil terá prejuízo anual de R$ 56,9 bilhões com o tabagismo. Desse total, R$ 39,4 bilhões serão gastos com despesas médicas e R$ 17,5 bilhões serão prejuízo indireto, devido à incapacitação de trabalhadores ou morte prematura.

Atividades

O Centro de Saúde do Jardim Eulina promoverá na quarta-feira, dia 30, uma confraternização especial com todos os participantes do grupo. Haverá espaço para depoimentos, dicas e orientações da equipe multidisciplinar e de tabagistas em abstinência. A atividade, que será aberta para a população, ocorre das 9h às 11h. Os próprios participantes do grupo, que existe há dois anos, estão preparando também um mural com cartazes, imagens e mensagens de apoio para o dia.

Auxiliar de enfermagem do CS Eulina, Cleia Xavier Perez é um exemplo do êxito do trabalho. Há 11 meses sem fumar, ela também participou do programa. “No Centro de Saúde, cerca de 65% dos participantes do grupo pararam de fumar, mas é um processo constante, um dia de cada vez”, contou. Na unidade de saúde, os pacientes são atendidos por uma equipe formada por um médico generalista, uma psicóloga, uma enfermeira, uma farmacêutica e uma auxiliar de enfermagem.

O processo para deixar de fumar começa com a participação em quatro encontros, seguidos pelo início de uma terapia medicamentosa, com remédios que auxiliam o paciente a largar o vício. É preciso estar em abstinência por pelo menos 12 meses para ter alta do programa.

Já no CS Paranapanema, haverá roda de conversa entre os participantes e a equipe multidisciplinar, com a integração também dos agentes de saúde da unidade. Pacientes que estão há mais de seis meses em abstinência participarão da atividade e vão conversar com os participantes. A atividade também será no dia 30, a partir das 8h.

No Centro de Saúde do Jardim São Marcos, serão realizadas palestras às 10h e às 16h, nas salas de espera da unidade. O objetivo é apresentar o programa e convidar as pessoas para participar do grupo, que se reúne sempre às segundas-feiras, às 17h30.

Programa Municipal de Tabagismo

O Programa Municipal de Tabagismo, segundo o coordenador, tem como finalidade diminuir o número de fumantes passivos e ativos, bem como as enfermidades, mortes e incapacitações para o trabalho decorrentes da dependência da nicotina. No total, 23 unidades de saúde oferecem o programa, com ações para prevenção do uso de drogas e encontros, com o objetivo de estimular os fumantes a deixarem o vício.

Quem quiser passar pelo programa, deve ir até o Centro de Saúde mais próximo da sua casa. Mesmo que o CS não tenha grupos, poderá realizar o encaminhamento para uma unidade que ofereça o tratamento.

Unidades que têm o programa:

Distrito de Saúde Leste:
Centros de Saúde: Centro, Costa e Silva, São Quirino

Distrito de Saúde Noroeste:
Centros de Saúde: Integração, Ipaussurama

Distrito de Saúde Norte:
Ambulatório da CEASA
Centros de Saúde: Barão Geraldo, Jardim Aurélia, Padre Anchieta, São Marcos

Distrito de Saúde Sudoeste:
Centros de Saúde: Jardim Aeroporto, Santo Antônio, São Cristóvão

Distrito de Saúde Sul:
CAPS AD Independência
Centros de Saúde: Carvalho de Moura, Nova América, Orosimbo Maia, Paranapanema, Parque da Figueira, Santa Odila, São José, Vila Ipê, Vila Rica

Os endereços das unidades de saúde podem ser consultadas no link
http://www.campinas.sp.gov.br/governo/saude/unidades/centros-de-saude/.

Programação

Atividades do Dia Nacional de Combate ao Fumo

Centro de Saúde “Dr. Laerte de Moraes” (Jardim Eulina)
Rua Martin Luther King Júnior, 286 – Jardim Eulina
Data: 30 de agosto
Horário: 9h

Centro de Saúde “Dr. Manoel Rios Muraro”(Jardim Paranapanema)
Endereço: Rua Boaventura Lemos, 590 – Jardim Guarani
Data: 30 de agosto
Horário: 8h

Centro de Saúde Jardim São Marcos
Av. Maria Luiza Pompeo de Camargo, 199 – Jardim Campineiro
Data: de 29 a 1 de setembro
Horário: 10h e 16h

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.