Connect with us

Nossa Cidade

“Aglomeração Zero” dispersou mais de 4,7 mil pessoas no fim de semana

Publicado

em

A ação é coordenada pela corporação e foi intensificada com reforço de patrulhamento e concentração de viaturas em todas as regiões da cidade, prioritariamente em locais mapeados a partir de dados estatísticos de onde a guarnição registra maior número de denúncias recebidas pelo 156 e 153 e também nos bairros com mais casos de transmissão da Covid-19. Os locais onde a fiscalização foi intensificada foram postos de combustíveis, adegas, frente de bares e restaurantes, praças e vias públicas em bairros com pouca circulação de veículos no horário do Toque de Recolher que, até ontem, vigorava entre 21h e 5h.

As pessoas abordadas e dispersadas pela GM estavam em grupos que se caracterizavam como aglomeração, sem respeitar o distanciamento social e algumas sem máscaras nas vias públicas.


Segundo o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Christiano Biggi, a operação já teve alguns resultados positivos. “Percebemos que somente com o anúncio de que a operação iria ocorrer, em alguns locais costumeiros de aglomeração, já encontramos menos pessoas em grupo”, avaliou. “O nosso foco é para que as pessoas respeitem as medidas sanitárias e colaborem”, completou.

A Operação Aglomeração Zero visa evitar e dispersar qualquer agrupamento com 10 ou mais pessoas na cidade. É coordenada pela Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública. A ação é intensificada aos finais de semana. 

Fiscalizações

Durante o final de semana, a Prefeitura fiscalizou 463 estabelecimentos comerciais e 33 foram fechados. 

Na noite de sábado (19), a Guarda Municipal também autuou e multou o organizador de uma festa clandestina numa chácara no Jardim Novo Sol, no distrito do Ouro Verde. A Guarda Municipal foi acionada por meio de uma denúncia anônima para verificar a ocorrência de aglomeração e desobediência às normas de distanciamento e de descumprimento das medidas sanitárias. Os agentes chegaram às 23h ao local, onde acontecia a festa com 150 pessoas sem máscaras e consumindo bebidas alcoólicas. O organizador foi multado em RS 18.943,00.

Toque de Recolher

A partir deta segunda-feira, 21 de junho,  o Toque de Recolher passa a vigorar das 19h às 5h. Todos os estabelecimentos comerciais devem fechar neste horário, com exceção dos serviços de emergência. O decreto foi publicado em edição extraordinária no Diário Oficial do último sábado. 

O decreto também prevê que pessoas que forem flagradas consumindo bebidas alcoólicas nas vias públicas ou em postos de combustíveis serão multadas em R$ 1.515,44 (400 UFICs). Os proprietários de postos onde estiver havendo o consumo receberão multa de R$ 3.030,88 (800 UFICs). Em caso de reincidência, a multa será em dobro e o local será lacrado por 30 dias.

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.