Connect with us

Nossa Região

Amparo realiza a segunda reunião para receber sugestões para o Mapa de Oportunidades Turísticas

A equipe da Usina do Conhecimento, empresa responsável pela elaboração do Inventário Turístico e Mapa de Oportunidades Turísticas do município, convida profissionais, comerciantes e empresários do setor turístico para participar do novo encontro na próxima terça-feira, dia 08 de agosto, às 19h no auditório da Rádio Municipal de Amparo (Praça Pádua Sales, Centro).

O envolvimento da população de Amparo, principalmente dos empresários, comerciantes, profissionais e artesãos que atuam no setor turístico, é fundamental para que a cidade conclua o Inventário Turístico e o Mapa de Oportunidades Turísticas. Estes são obrigações legais (Lei Complementar Nº 1.261, de 29 de abril de 2015) para que Amparo possa manter seu status de Estância Turística (não mais como Estância Hidromineral), junto à Assembleia Legislativa e ao Governo do Estado de São Paulo.

Por isso, a equipe da Usina do Conhecimento está convidando os profissionais, comerciantes e empresários do setor para que participem da segunda reunião integrativa que será na próxima terça-feira, dia 08 de agosto, às 19h no auditório da Rádio Municipal de Amparo (Praça Pádua Sales, Centro).


Na reunião serão explicadas a importância da elaboração dos documentos e a possibilidade de inclusão das empresas e profissionais da cidade no levantamento. Será oferecida, também, a participação ativa dos interessados com sugestões em suas áreas de atuação para o desenvolvimento turístico do município. A população também pode encaminhar as sugestões pelo e-mail [email protected].

 

Trabalhos realizados
De acordo com a turismóloga Laura Santi, coordenadora dos projetos em Amparo, a Usina do Conhecimento focou as pesquisas iniciais nos segmentos de Meios de Hospedagem e de Alimentação (restaurantes e bares) que atendem turistas de negócios, eventos e lazer, entre outros.

“Contatamos os 26 meios de hospedagem que constavam do último inventário datado de 2011/2012, além de outros quatro que abriram nesse meio tempo. Ainda falta visitar e coletar dados de quatro empreendimentos, mas já é possível um diagnóstico preliminar. Sabemos, por exemplo, que a cidade oferece pouco mais de 1.000 leitos para hospedagem em cerca de 400 unidades habitacionais (quartos, apartamentos, suítes, vilas ou chalés) e que o setor emprega, diretamente, cerca de 230 colaboradores, podendo chegar a quase 700 trabalhadores de forma indireta”, diz a turismóloga.

Sobre os preços praticados pelos meios de hospedagem da cidade, constatou-se a capacidade do setor de atender a todos os públicos e bolsos em estabelecimentos dos mais simples aos mais luxuosos. Já na pesquisa com os empreendimentos de alimentos e bebidas, a especialista surpreendeu-se com a descoberta de empreendimentos que já atuam na ‘nova’ economia compartilhada, graças à ideia de lojas colaborativas.

“Foi a primeira vez que vi duas empresas diferentes da área de alimentos e bebidas, com razão social e equipes de trabalho independentes, compartilhar o mesmo espaço físico, equipamentos, materiais e utensílios. Em um mesmo endereço funciona, no almoço, um restaurante self-service por quilo, de excelente qualidade e por ótimo preço e, no jantar, outro, de gastronomia japonesa que trabalha à la carte e no sistema de rodízio. Trata-se de um modelo inovador e sustentável em termos de utilização de recursos disponíveis que pode ser copiado e exportado para outros municípios”.

 

Eventos
A pesquisa está levantando, ainda, os eventos que atraem turistas e movimentam o comércio local, demonstrando que Amparo não é apenas passagem para outras cidades turísticas da região.

Apenas no mês de agosto acontecem na cidade o Festival da Cachaça, o Rosário Cultural, com shows de música ao vivo, a 11ª Copa de Marcha do Cavalo Mangalarga, com exposição funcional e provas de agilidade no Centro Hípico Hipocampo, a Jornada do Patrimônio, com atividades das mais diversas envolvendo a fruição do patrimônio cultural da cidade que é conhecida como a Capital Histórica do Circuito das Águas Paulista, a Festa de São Roque, e a Festa Italiana.

 

Potencialidades
Justamente para identificar, registrar, reconhecer e estimular a vocação turística de Amparo, seus atrativos, serviços e possibilidades de atendimento aos turistas e demais visitantes é que a pesquisa precisa da colaboração da população da cidade.

Laura Santi lembra que, como o turismo é uma atividade econômica de forte impacto econômico, social, cultural e ambiental, é preciso estruturá-lo com um trabalho profissional sério, contínuo e planejado em bases sólidas para ampliar suas potencialidades de sucesso e evitar ou reduzir os eventuais impactos negativos que essa atividade possa trazer ao município.

 

Ateliê da Notícia
Jornalista responsável: Vera Longuini
Cel (19) 9 9771-6735 – Vivo
Atendimento: Caroline Magalhães e Bárbara Martins
Redação: (19) 3252-9385
[email protected]
www.ateliedanoticia.com.br

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.