fbpx

Avanço das obras do BRT provoca bloqueio em trecho da Av. Ruy Rodriguez

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas bloqueia totalmente o tráfego de veículos na marginal da Avenida Ruy Rodriguez que passa pelo Hospital Ouro Verde. O trecho interditado fica no sentido Centro – bairro, entre a Rua Paulo Machado Moraes e a altura da Rua Igaci. 

 

 

 

Nesta quinta-feira, 8 de agosto, começaram a ser executadas as ações de sinalização e adequações semafóricas necessárias para viabilizar o bloqueio. A interdição estará totalmente implantada até a próxima segunda-feira, 12 de agosto.


 

 

 

A medida é motivada pelo avanço das obras do Corredor BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido) Ouro Verde. Nesta etapa, começam os trabalhos de construção do futuro Terminal Ouro Verde. A expectativa inicial é de que a interdição dure por, no mínimo, 180 dias. 

 

 

 

“A transformação urbana derivada das obras de implantação dos Corredores BRT já é uma realidade para a população do Ouro Verde. Com a recente liberação de um trecho de quase 2 km do Corredor BRT para uso do transporte público, mais de 30 mil usuários desta região foram favorecidos”, destaca o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.

 

 

 

 

O tráfego no trecho interditado será exclusivo para acesso ao Hospital Ouro Verde e estabelecimentos próximos (posto de gasolina e Habib’s). O acesso será na altura da Rua Paulo Machado Moraes. Para garantir a segurança e fluidez viária, a Emdec também fará ajustes na sinalização de trânsito na chegada ao hospital.

 

 

 

 

Já o fluxo da avenida será desviado para a pista expressa. Os motoristas que têm como destino a região do Vida Nova, deverão convergir para a expressa pela agulha de acesso ao Terminal Ouro Verde. 

 

 

Para garantir a fluidez viária e a segurança de pedestres e condutores na região, a Emdec implanta sentido único de circulação de veículos na Rua Paulo Machado Moraes, no trecho entre a Avenida Ruy Rodrigues e a Rua Yves Montand. A via passa a receber somente o fluxo de veículos que têm como destino a Avenida John Boyd Dunlop. A medida vigora a partir das 10h desta quinta-feira, 8 de agosto. 

 

 

 

Os motoristas que trafegam pela Avenida Deputado Luís Eduardo Magalhães e vias do Jardim Ouro Preto deverão acessar a Rua Yves Montand para chegar à Ruy Rodriguez. 

 

 

 

Por conta da injeção de tráfego na pista expressa, a Emdec também promove alterações geométricas no acesso ao Terminal Ouro Verde. As ações são necessárias para garantir fluidez viária e viabilizar as manobras necessárias à circulação dos ônibus do transporte público. 

 

 

 

Transporte público

 

Já a partir da próxima segunda-feira, 12 de agosto, a Emdec implanta mudanças no acesso à Avenida Ruy Rodriguez pela Rua Armando Frederico Renganeschi. A medida impacta o itinerário dos ônibus do transporte público, na chegada ao Terminal Ouro Verde. 

 

 

 

Agentes da Mobilidade Urbana acompanham as ações necessárias para viabilizar a interdição, orientando os usuários do transporte público e monitorando o trânsito. A população pode esclarecer dúvidas pelo telefone 118 (Fale Conosco Emdec). 

 

 

 

 

BRT Ouro Verde

 

A etapa de obras integra o trecho 3 do Lote 4 do Corredor Ouro Verde. O trecho 3 passa pela Avenida Ruy Rodriguez, ligando o Terminal Ouro Verde até o Terminal Vida Nova, com 4,1 km de extensão. O Lote 4 abrange ainda o trecho 2 do Corredor Ouro Verde, que liga a Estação Campos Elíseos até o Terminal Ouro Verde, com 5,7 km. No total, o Lote 4 abrange 9,8 km de extensão e tem o custo de R$ 104,9 milhões.

 

 

 

No final de junho, os moradores da região do Ouro Verde foram beneficiados com a liberação para circulação de veículos de um trecho de 1,8 km do corredor, nas avenidas Ruy Rodriguez e Camucim, desde o Spazio Ouro Verde até a Avenida Aglaia. Os ônibus do atual sistema de transporte público passaram a utilizar as faixas exclusivas, de forma compartilhada com o trânsito comum. Foram 31 mil passageiros beneficiados, com destaque para os usuários da região do bairro Vida Nova.

 

 

Ainda neste ano, houve outras duas entregas parciais das obras dos corredores BRT. No final de maio, foram entregues novos acessos viários entre o Parque Industrial e o Jardim Miranda, em um trecho com cerca de 1 km. E no início deste mês, foi entregue o primeiro trecho para circulação de veículos do Corredor Campo Grande, com quase 5 km, na Avenida John Boyd Dunlop, entre os viadutos da Rodovia dos Bandeirantes e da linha férrea. 

 

 

 

 

Os três corredores BRT do município – Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral – têm custo total de R$ 451,5 milhões. São 36,6 km de corredores, com previsão de conclusão total em meados de 2020.