fbpx

Boleto online agiliza pagamento pelos serviços prestados pela Emdec

A partir de 5 de agosto, os taxistas, transportadores escolares e permissionários do Serviço de Transporte Alternativo Municipal (STAM) darão entrada em suas solicitações junto à Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) com os respectivos preços públicos já quitados. Para tanto, bastará gerar boleto no endereço eletrônico www.emdec.com.br, pagar e protocolar o comprovante junto com toda a documentação exigida.

 

A inovação deverá simplificar o processo e reduzir as filas nos postos de atendimento. Ficará menos burocrático regularizar serviços como transferência de permissão, renovação de alvará e inspeção veicular, por exemplo. O boleto online também estará disponível para pagamentos de análise de projetos, análise de impacto no trânsito e renovação de cadastro para carga e descarga em pontos fixos.


 

“Nosso objetivo é facilitar a vida do cidadão que realiza trabalhos fundamentais à população, como o transporte de interesse público”, destaca o secretário municipal de Transportes e diretor-presidente da Emdec, Carlos José Barreiro. “O novo recurso garante mais agilidade e menos tempo perdido, por diminuir a tramitação dos boletos. Também preserva o uso dos recursos públicos, uma vez que evita protocolos registrados em vão”.

 

Atualmente, o munícipe apresenta sua solicitação acompanhada da documentação necessária e aguarda a análise pelo setor responsável dentro de um prazo definido. Sendo o pedido deferido (aceito, concluído), volta à Emdec para retirar o documento correspondente, mas ainda precisando pagar no caixa eletrônico. Agora este pagamento será antecipado, emitindo as guias de arrecadação (boletos) no site.

 

Em várias situações, a novidade reduzirá o número de comparecimentos à Emdec. Há despachantes que registram o pedido, retornam para pegar o boleto após aprovado e ainda vêm uma terceira vez, trazendo o comprovante do pagamento para retirar o documento solicitado.

 

O trabalho desenvolvido pela Emdec também será preservado, porque hoje pode ocorrer toda uma avaliação, tratamento e processamento da solicitação, mobilizando recursos da empresa, mas o solicitante recuar no que estava pleiteando, resultando em tempo desperdiçado e prejuízos ao erário. Ou seja, além de tornar as tramitações mais eficazes, a emissão e quitação antecipada conferem maior responsabilidade sobre o teor do que se pede.

 

Nos primeiros 30 dias, ainda será possível dar entrada nas solicitações sem o pagamento prévio. Haverá uma etapa de transição, até que ocorra ampla divulgação à população e envolvidos. A partir de 4 de setembro, todos os processos serão iniciados já pagos.

 

 

Passo a passo

 

1. Acesse www.emdec.com.br e clique na aba Transporte (http://www.emdec.com.br/eficiente/sites/portalemdec/pt-br/site.php?secao=transporte) ou Trânsito (http://www.emdec.com.br/eficiente/sites/portalemdec/pt-br/site.php?secao=transito).

 

2. Preencha os dados cadastrais, endereço, selecione o serviço na lista e clique em Emitir Guia.

 

3. Verifique os dados, o valor do serviço e clique novamente em Emitir Guia para gerar o boleto. A cada novo pedido, será preciso fornecer todas as informações novamente.

 

4. Pague o boleto em casas lotéricas ou no Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Mercantil.

 

5. Ao protocolar sua solicitação na Emdec, não se esqueça de anexar o comprovante do pagamento junto com os demais documentos exigidos.

 

 

 

A partir de 5 de agosto, os taxistas, transportadores escolares e permissionários do Serviço de Transporte Alternativo Municipal (STAM) darão entrada em suas solicitações junto à Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) com os respectivos preços públicos já quitados. Para tanto, bastará gerar boleto no endereço eletrônico www.emdec.com.br, pagar e protocolar o comprovante junto com toda a documentação exigida.

 

A inovação deverá simplificar o processo e reduzir as filas nos postos de atendimento. Ficará menos burocrático regularizar serviços como transferência de permissão, renovação de alvará e inspeção veicular, por exemplo. O boleto online também estará disponível para pagamentos de análise de projetos, análise de impacto no trânsito e renovação de cadastro para carga e descarga em pontos fixos.

 

“Nosso objetivo é facilitar a vida do cidadão que realiza trabalhos fundamentais à população, como o transporte de interesse público”, destaca o secretário municipal de Transportes e diretor-presidente da Emdec, Carlos José Barreiro. “O novo recurso garante mais agilidade e menos tempo perdido, por diminuir a tramitação dos boletos. Também preserva o uso dos recursos públicos, uma vez que evita protocolos registrados em vão”.

 

Atualmente, o munícipe apresenta sua solicitação acompanhada da documentação necessária e aguarda a análise pelo setor responsável dentro de um prazo definido. Sendo o pedido deferido (aceito, concluído), volta à Emdec para retirar o documento correspondente, mas ainda precisando pagar no caixa eletrônico. Agora este pagamento será antecipado, emitindo as guias de arrecadação (boletos) no site.

 

Em várias situações, a novidade reduzirá o número de comparecimentos à Emdec. Há despachantes que registram o pedido, retornam para pegar o boleto após aprovado e ainda vêm uma terceira vez, trazendo o comprovante do pagamento para retirar o documento solicitado.

 

O trabalho desenvolvido pela Emdec também será preservado, porque hoje pode ocorrer toda uma avaliação, tratamento e processamento da solicitação, mobilizando recursos da empresa, mas o solicitante recuar no que estava pleiteando, resultando em tempo desperdiçado e prejuízos ao erário. Ou seja, além de tornar as tramitações mais eficazes, a emissão e quitação antecipada conferem maior responsabilidade sobre o teor do que se pede.

 

Nos primeiros 30 dias, ainda será possível dar entrada nas solicitações sem o pagamento prévio. Haverá uma etapa de transição, até que ocorra ampla divulgação à população e envolvidos. A partir de 4 de setembro, todos os processos serão iniciados já pagos.

 

 

Passo a passo

 

1. Acesse www.emdec.com.br e clique na aba Transporte (http://www.emdec.com.br/eficiente/sites/portalemdec/pt-br/site.php?secao=transporte) ou Trânsito (http://www.emdec.com.br/eficiente/sites/portalemdec/pt-br/site.php?secao=transito).

 

2. Preencha os dados cadastrais, endereço, selecione o serviço na lista e clique em Emitir Guia.

 

3. Verifique os dados, o valor do serviço e clique novamente em Emitir Guia para gerar o boleto. A cada novo pedido, será preciso fornecer todas as informações novamente.

 

4. Pague o boleto em casas lotéricas ou no Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Mercantil.

 

5. Ao protocolar sua solicitação na Emdec, não se esqueça de anexar o comprovante do pagamento junto com os demais documentos exigidos.