Connect with us

Nossa Cidade

Câmara aprova moção de apelo para investigação sobre exposição do MAM

Publicado

em

Por iniciativa do vereador Pastor Elias Azevedo (PSB), a Câmara aprovou na sessão desta segunda-feira (02/10) uma moção de apelo ao Ministério Público do Estado de São Paulo para que se investigue e cobre providências do Museu de Arte Moderna – MAM de São Paulo pela exposição de uma criança a uma performance de um artista nu.
O fato ocorreu na “35ª Panorama da Arte Brasileira – 2017” do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e em uma das instalações, os visitantes, inclusive os menores de idade, puderam tocar o artista Wagner Schwartz.
O vereador explica que de acordo com as denúncias recebidas, o museu “estaria expondo crianças e adolescentes a conteúdo impróprio, uma vez que um homem estaria posando totalmente sem roupa e o público seria convidado a tocá-lo, inclusive crianças”.
Pastor Elias quer que sua moção – que recebeu XX votos favoráveis – auxilie o Ministério Público de São Paulo a apurar eventual prática do crime de pedofilia e sua incitação, bem como a esclarecer alguns questionamentos como a classificação indicativa e os critérios utilizados para a classificação da referida “amostra de artes”.
“Na minha página do Facebook, com mais de 4 mil visualizações, abordei o assunto como cristão e defensor da família brasileira, objetivando o fim de situações como estas. Como cidadão e parlamentar vou lutar contra todos aqueles que atentem contra os bons costumes e especificamente neste caso, dizer um basta a esses crimes que se escondem atrás da modernidade”, enfatiza.
Texto: Gabinete do vereador Pastor Elias Azevedo (PSB)
Foto: Central de Comunicação Institucional da CMC

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.