fbpx

Campanha de vacinação contra a gripe começa na próxima quarta, 10 de abril

 

A Prefeitura de Campinas inicia na próxima quarta-feira, 10 de abril, a Campanha de Vacinação Nacional contra a Influenza 2019. O objetivo é imunizar pelo menos 90% das 344.274 pessoas classificadas como público-alvo no município.

 

 

Este ano, a Secretaria Municipal de Saúde irá seguir o escalonamento de vacinação recomendado pelo Estado de São Paulo e pelo Ministério da Saúde segundo o qual serão mobilizados, de 10 a 20 de abril, os grupos prioritários de crianças (6 meses a 5 anos 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) para a vacinação contra a gripe.


 

 

Do dia 22 de abril até 31 de maio, a vacinação contra a Influenza ocorrerá com a mobilização de todos os grupos prioritários (crianças, gestantes, puérperas, idosos, professores, trabalhadores de saúde, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

 

 

Já, o “Dia D” de mobilização nacional será no sábado, 4 de maio. Os locais e horário de vacinação no dia D serão disponibilizados na página http://www.campinas.sp.gov.br/ .

 

 

 

A estimativa da população do público prioritário é de 272.758 pessoas e 71.516 pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (pessoas com HIV positivo ou em terapia para câncer, por exemplo).

 

 

“É importante que os grupos prioritários fiquem atentos às datas de escalonamento; quanto antes tomarem a vacina, mais cedo começa a produção de anticorpos”, afirma Gabriela Marchesi, do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa).

 

 

De acordo com Marchezi, a vacina de Influenza é “constituída por vírus inativados, fragmentada e purificados, portanto, não contêm vírus vivos e não causam a doença”. A vacina protege contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B.

 

 

Em 2018, a cobertura da campanha de vacinação contra a gripe atingiu 86,26% do público-alvo.