Conecte-se conosco

Nossa Cidade

Central de Interpretação de Libras amplia atendimento a pessoas surdas

Publicado

em

A contratação de mais quatro intérpretes de Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) ampliou em mais de 35% o atendimento a pessoas surdas ou que tenham deficiência auditiva, prestado pela Central de Interpretação de Libras (CIL). O serviço é oferecido gratuitamente pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos da Prefeitura de Campinas desde setembro de 2015, por meio do Centro de Referência da Pessoa com Deficiência (CRPD) e tem como objetivo promover acessibilidade ao deficiente auditivo residente no município.

De cordo com a secretária da Pasta, Eliane Jocelaine Pereira, a garantia dos Direitos Humanos, do acesso e fruição dos serviços públicos passa, necessariamente, pela garantia de acessibilidade também comunicacional. “Por isso nos empenhamos para que tivéssemos a ampliação da Central de Libras, que representa também a qualificação dos serviços voltados às pessoas com deficiência em nosso município”, relatou.


Com a atuação dos novos profissionais, em menos de seis meses, a média de atendimento mensal da Central subiu de 84 para 114 pessoas. “Nossa previsão é que haja novo aumento nesse número em 2020”, comentou o diretor de Gestão das Políticas dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Paulo Renato Guimarães.

O serviço consiste basicamente em facilitar a comunicação das pessoas surdas com os órgãos públicos, por meio de intermediação de intérpretes de Libras.

O intérprete acompanha a pessoa com deficiência auditiva em atendimentos externos, no âmbito público, como postos do INSS, hospitais, Centros de Saúde (CS), delegacias, defensoria pública, poder judiciário (CEJUSC, JEF, JEC, Fórum (audiências), Centro Público de Atendimento ao Trabalhador (CPAT) para cadastro de currículo, dentre outros serviços públicos.

Os atendimentos podem ser realizados presencialmente, externamente e remotamente. Os atendimentos presenciais ocorrem na própria Central de Intérpretes de Libras onde o deficiente auditivo faz os agendamentos necessários a sua demanda com apoio dos Tradutores Intérpretes de Língua de Sinais (TILS) que, por meio de chamada telefônica ou acesso aos sites de órgãos públicos, fazem a intermediação do atendimento utilizando a linguagem de sinais e a oralização.

Para os atendimentos externos, um tradutor da Central de Libras, acompanha a pessoa surda até o órgão público, para estabelecer acessibilidade da comunicação entre as partes. Já os atendimentos remotos ocorrem por intermédio de videochamada.

As videochamadas podem ocorrer de duas formas. A de dois pontos acontece quando um deficiente auditivo está em um serviço público e faz uma ligação em videochamada para a Central que intermediará a conversa entre ele e o ouvinte do local.

Há também a possibilidade de três pontos. Nesse caso, a pessoa surda está em casa ou outro local e faz uma videochamada para a Central de Libras que por sua vez, realiza o contato com o serviço público, intermediando a conversa entre eles. Os atendimentos remotos podem ser feitos pelo WhatsApp da CIL pelo número (19) 9.9119-5316.

]O diretor da área também informa que se um serviço público precisar fazer contato com alguma pessoa surda basta procurar a Central de Libras para intermediação da comunicação remota entre o serviço e a pessoa com deficiência auditiva. “Caso o serviço público necessite da presença de um tradutor de Libras para acompanhar o atendimento externo é preciso fazer a solicitação com antecedência”, lembrou.

Os atendimentos externos podem ser solicitados via e-mail [email protected] ou pelo telefone (19) 3231-6940. O atendimento da Central de Libras ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Continue lendo
Publicidade

Copyright ©2014-2018 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.