fbpx

Centro de Referência fala sobre racismo e discriminação religiosa

Referência na região metropolitana na área de direitos humanos, a Prefeitura de Campinas tem contribuído para discussões acerca do tema em outros municípios. Na última quarta-feira, dia 24, foi a vez do município de Monte Mor sediar uma palestra sobre prevenção e combate ao racismo e discriminação religiosa ministrada pela coordenadora do Centro de Referência em Direitos Humanos na Prevenção e Combate ao Racismo e Discriminação Religiosa, Jacqueline Damásio.

 

 

O CR tem uma equipe de profissionais que oferece serviços como orientações para realização de boletim de ocorrência e sobre os trâmites de processo judicial. Pode atuar também como intermediário na resolução amigável de conflitos. Com base nesta experiência, profissionais da equipe do Serviço têm realizado palestras para apresentar o trabalho a outros municípios e instituições. 


 

 

Segundo Jacqueline, o objetivo do evento em Monte Mor foi justamente “despertar a empatia dos servidores municipais para a doença social que é o racismo, levando para eles dados estatísticos que demonstram a desigualdade social entre negros e brancos”. 

 

 

O CR, por exemplo, tem atendido números crescentes de casos de racismo. Foram 15 casos registrados e acompanhados em 2016, 14 em 2017, e 28 em 2019. A divulgação do serviço, de acordo com Jacqueline, tem contribuído para o aumento das denúncias.