fbpx

Cerimônia faz integração entre novos residentes da Rede Mário Gatti

A partir desta sexta-feira, dia 1º de março, os hospitais da Rede Mário Gatti recebem 99 residentes de 15 especialidades médicas, 24 multiprofissionais (entre fisioterapia, nutrição e enfermagem) além de dois dentistas de residência de cirurgia de bucomaxilofacial. Eles foram recebidos na noite de ontem pelo prefeito Jonas Donizette, pelo presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, e pelo Secretário de Saúde, Carmino de Souza, em cerimônia na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas e já começam a atuar hoje nos hospitais.

 

O Hospital Mário Gatti recebe 42 residentes e o Ouro Verde ficará com 57 estudantes, que vão para os hospitais para fazer a especialização nas diversas áreas da Medicina. 


 

A equipe de Fisioterapia, Nutrição e Enfermagem conta com 24 residentes, também começando a trabalhar hoje. Destes, 12 ficam no Mário Gatti e 12 no Ouro Verde. 

 

O Hospital Ouro Verde também recebe dois residentes de Odontologia para atuar na área de cirurgia de bucomaxilofacial.

 

O processo seletivo para preenchimentos das vagas foi iniciado em 2018, com a publicação do edital em novembro. A terceira e última chamada para matrículas foi feita em 26 de fevereiro deste ano. A maior parte dos aprovados é de fora de Campinas.

 

Este é o primeiro ano em foi realizada a integração dos residentes dos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde. “A implantação da Rede Mário Gatti facilitou também o programa de Residência Médica, que, por causa da integração entre os hospitais, permitiu a distribuição unificada dos novos residentes, o que acaba melhorando o atendimento à população”, destacou o presidente da Rede, Marcos Pimenta. 

 

Programa de Residência

 

Os programas de residência dos hospitais municipais são reconhecidos pelos Ministérios da Educação e da Saúde e passam por avaliação periódica por estes órgãos. O concurso para participar deste programa atrai recém-formados em Medicina de todo o Brasil e tem índice de concorrência média de 10 candidatos por vaga nos processos seletivos.

 

O Hospital Mário Gatti mantém há 30 anos o Programa de Residência Médica para jovens médicos recém-formados. Durante este período, mais de 1.200 profissionais passaram pelo hospital.