fbpx

“Chegadas” das Folias de Reis movimentam a cidade a partir deste sábado

As folias tem versos próprios para pedir, agradecer e retirar-se, dando as despedidas […]
Com violões, cavaquinhos, pandeiro, pistão e tantã, cantam à porta das casas, despertando os moradores.” (Câmara Cascudo)

Janeiro volta a movimentar a cidade com as tradicionais “chegadas” das companhias de Folias de Reis. A programação, que recria a peregrinação dos três Reis Magos em visita ao menino Jesus, acontece de 5 a 27 de janeiro, com cantadores e instrumentistas entoando versos.


No sábado, 5, os festejos serão abertos com os grupos Ases do Brasil e São José Operário que, às 8h, receberão as bênçãos do Monsenhor Rafael Capelato, na Catedral Metropolitana de Campinas. A cerimônia contará, ainda, com um presépio vivo formado por crianças da comunidade, simbolizando um ato de paz.

Na sequência, as companhias percorrerão a Rua 13 de Maio em direção à Estação Cultura. O público poderá interagir com os personagens Mestre, Contra-Mestre, os Três Reis Magos, Palhaço e Foliões em suas evoluções coreográficas.

Patrimônio Imaterial

Em Campinas, a Folia de Reis é reconhecida como patrimônio cultural imaterial desde outubro de 2018, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc). “A importância de trazer a celebração do Dia de Reis para a região central, com a participação das Companhias, é uma forma de colaborar para a salvaguarda da Folia de Reis, e de contar para a cidade que esses grupos estão pulsantes nas regiões, na cultura popular, indo de casa em casa. Não são mais vistos nos grandes centros, mas todos os anos realizam seus “Giros” e celebram, com suas festas de “chegada”, a tradição da Bandeira de Santos Reis”, destaca Marcela Bonetti, especialista cultural da Secretaria de Cultura de Campinas.

A estudiosa lembra que a tradição já teve início em novembro quando as companhias saíram em seus “Giros”, que significam o início da peregrinação que remete aos Reis Magos, que culminam com o tradicional encontro de bandeiras da Vila Castelo Branco.
Campinas reúne, atualmente, as companhias Ases do Brasil, Estrela Guia, Grupo Folclórico Campinense, São José Operário e Vozes do Oriente.

Serviço

Dia 05/01, 8h – bênção na Catedral Metropolitana de Campinas. Na sequência, cortejo pela Rua 13 de Maio à Estação Cultura (Praça Marechal Floriano, s/n. Centro).

Dia 19/01, 16h – Festa de Chegada da Companhia Voz do Oriente.
Onde: Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Rua Maria Ester Bueno, 175. DIC 3).

Dia 20/01, 15h – Grupo Folclórico Campinense.
Onde: sede do grupo (Rua Almirante Custódio José de Melo, 320).

Dia 20/01, 8h às 18h – 40º Encontro de Bandeiras da Vila Castelo Branco.
Onde: Associação da Folia de Reis de Campinas – Asfrecam (Rua Humberto de Campos, 183. Vila Castelo Branco).

Dia 27/01, 12h – Chegada da Companhia São José Operário.
Onde: Igreja Santo Expedito (Av. Jacaúna, 2.517. Jd. Ouro Verde).