fbpx

Concerto da Sinfônica com rapper e sambista reúne 7 mil pessoas na Concha

A apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas na noite do último domingo, dia 3 de novembro, na Concha Acústica da Lagoa do Taquaral, reuniu um público de cerca de 7 mil pessoas. A plateia foi prestigiar o concerto especial, ao ar livre, em comemoração ao Mês da Consciência Negra.

 

 

O concerto teve como convidados especiais o rapper Criolo e o lendário sambista, compositor e cantor, Nélson Sargento. A regência foi do maestro convidado Eder Paolozzi, da Orquestra Sinfônica Cesgranrio, do Rio de Janeiro.


 

 

O público se encantou com a mistura instrumentos e de vozes que uniu, em sintonia, samba, rap e música sinfônica. Uma celebração da música brasileira.

 

 

Foram revisitados clássicos da música brasileira como “Folhas Secas” (Nelson Cavaquinho e G. Brito), “Falso amor sincero”, “Sinfonia imortal” e “Samba agoniza, mas não morre (Nelson Sargento), “Alvorada” (Cartola e Carlos Cachaca), “Espiral de Ilusão”, “Nas Águas”  (Criolo), “Chão de Esmeraldas” (Chico Buarque), “Piano na Mangueira (Chico Buarque e Tom Jobim), “O Mundo é um moinho” (Cartola), entre outros.