fbpx

Correios continuam com greve por tempo indeterminado

Os Correios seguem de greve pela segunda semana consecutiva e deve continuar por tempo indeterminado. Na região administrativa de Campinas a greve já atinge 84 cidades. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Campinas, nessas cidades, metade do efetivo da área operacional está parada.

De acordo com informações da Federação Nacional dos Trabalhadores, foram mais de 50 dias de negociação, sem sucesso. Dentre os inúmeros motivos da greve estão o fechamento de agências por todo o país e a redução no número de funcionários.


Segundo os Correios, 87% dos funcionários na região de Campinas estão trabalhando, o que representa 3.266 empregados. Ainda segundo os Correios, no dia 22 de setembro chegou a um acordo a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores para um acordo coletivo, que aponta reajuste de 3% nos salários e benefícios a partir de janeiro de 2018. A empresa aguarda o resultado das assembleias.