fbpx

Creche do Vida Nova mobiliza pais, alunos e comunidade no combate à dengue

O que você está fazendo para contribuir ao combate do mosquito da dengue? A pergunta, que faz parte da 4ª Campanha Regional de Combate ao Aedes Aegypti desencadeada pela Prefeitura; motivou os alunos e os profissionais do Centro de Educação Infantil (CEI) Dulcineia Regina Bitencourt Alves, no Vida Nova, a fazer um movimento de conscientização com os familiares e a comunidade para os perigos do mosquito transmissor da dengue.

Dessa forma, nos últimos três dias, desde segunda-feira, 11 de fevereiro; os 220 alunos da escola lançaram um desafio aos pais e à comunidade. A campanha denominada “Ganhe o seu coração”; levou os pequenos estudantes a baterem de porta em porta e desafiarem os moradores a deixarem a frente de suas residências mais limpas. “Percebemos que algumas famílias construíram lixeiras e tiraram entulhos”, disse a diretora da unidade, Fernanda Gameiro Nogueira.


As famílias que atingissem o objetivo ganhavam corações que eram colados pelos estudantes na fachada de cada residência. Dessa forma, o sucesso foi tão grande que todas as casas conquistaram o coração e no próximo mês a ação se estenderá por mais ruas do bairro.

Participação dos Pais

Nos dias 12 e 13 de fevereiro, os pais dos alunos foram chamados na escola para participarem de atividades interativas com os filhos. O objetivo era reforçar a conscientização. “Fico feliz em ver nosso bairro tão limpo. Ainda mais com uma missão significativa em reduzir os casos da doença”, disse a mãe de um dos estudantes, Louys Latoia Costa.

Pais e alunos também assistiram uma apresentação teatral realizada por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde sobre o tema.

A 4ª Campanha Regional de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti foi lançada em janeiro, pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette. Campinas enfrentou duas epidemias de dengue no município desde 2013. “Não estamos vivendo uma epidemia como outras regiões do Estado, mas não podemos relaxar, temos que manter o trabalho para não incorrer em situações de muita incidência”, disse o chefe do executivo.

Ações em Campinas

A Prefeitura de Campinas realiza diariamente ações de combate ao Aedes Aegypti. Assim entre janeiro e novembro de 2018, as equipes de Saúde visitaram mais de 350 mil imóveis e tiveram acesso a cerca de 250 mil. Muitas casas estão fechadas quando os profissionais estão nas ruas. Também há casos em que os moradores não permitem a entrada dos agentes, o que dificulta o trabalho da Prefeitura. 

Balanço fechado posteriormente pela Secretaria de Saúde no último dia 23 de janeiro aponta que Campinas teve, este ano; sete casos confirmados de dengue, quatro de zika e um de chikungunya.