fbpx

Dez pontos da cidade recebem instalação de carros batidos

Veículos retorcidos e amassados, pintados na cor amarela, remetendo a um acidente de trânsito com possíveis vítimas. O impacto dessa cena poderá ser sentido por toda a população de Campinas em dez pontos estratégicos a partir desta sexta-feira, dia 17 de maio. Ao lado dos veículos, uma frase sensibilizará os espectadores. “Não deixe esta simulação virar realidade, faça escolhas seguras. Desacelere! Viva mais”. 

 

 

 

Trata-se de uma instalação urbana de carros batidos, promovida pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) dentro do movimento Maio Amarelo Campinas 2019. O objetivo é chamar a atenção da população para a prevenção de acidentes de trânsito. A pintura dos veículos na cor amarela é feita em sinal de advertência, alerta e atenção. 


 

 

 

O Maio Amarelo busca despertar a consciência da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. O mote da campanha em 2019 e “Desacelere! Viva mais”, inspirada pelo movimento slow, que combate as rotinas frenéticas. A ideia é incentivar a coexistência harmoniosa no trânsito e fomentar o senso coletivo. 

 

 

 

“Com mais esta ação, estamos convocando os condutores de veículos para uma reflexão. Você está respeitando as leis de trânsito todos os dias? Está dirigindo defensivamente para evitar que acidentes aconteçam?”, desafia o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro. “A palavra-chave do movimento Maio Amarelo em 2019 é ‘Desacelere’, que tem dupla conotação. Desacelere ao dirigir seu veículo, use o acelerador com cautela. O excesso de velocidade foi responsável por grande parte das mortes no trânsito em 2018. E também desacelere a sua vida, viva com mais leveza e tranquilidade. Quando assumimos um comportamento de desaceleração, vivemos uma vida muito melhor”, completa. 

 

 

 

A instalação de carros batidos não promove a ocupação de vias ou comprometimento da circulação. A ação está espalhada pela cidade em locais com grande fluxo de circulação de pedestres e veículos. Neste ano, a intervenção ocorre pela primeira vez por um período contínuo, prosseguindo até o final de maio. 

 

 

 

Confira os 10 pontos estratégicos que recebem a instalação:

 

– Avenida Marechal Carmona x Avenida Waldemar Paschoal (sobre o gramado em frente à Churrascaria Trevisan);

 

– Avenida José de Souza Campos (sob o Viaduto “Laurão”, em frente ao McDonald’s);

 

– Avenida John Boyd Dunlop (no balão de acesso ao Hospital da PUC);

 

– Subprefeitura de Campo Grande (Rua Manoel Machado Pereira, 902 – Parque Valença);

 

– Praça 23 de Outubro (sobre a Praça da Torre do Castelo);

 

– Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (na altura do número 18.801 – Distrito de Sousas);

 

– Rua José Paulino (próximo à Base da Guarda Municipal);

 

– Avenida Guilherme Campos (sobre o balão de acesso à PUC/Unicamp);

 

– Rua Vital Brasil x Praça Arautos da Paz (em frente ao “Bar do Amarelinho”);

 

– Subprefeitura de Ouro Verde (na calçada do Shopping Spazio – Avenida Ruy Rodriguez, 3.900, Parque Universitário).