fbpx

Domingo é dia de Caminhada pela Erradicação do Analfabetismo na Lagoa

A partir das 9h deste domingo, 24 de fevereiro, na Lagoa do Taquaral (portão 2), será dada a largada para a 3ª Caminhada pela Erradicação do Analfabetismo em Campinas. O objetivo é conscientizar aqueles que não puderam frequentar a sala de aula no tempo oportuno, mas também sensibilizar outras pessoas e formadores de opinião para que ajudem a incentivar o aprendizado. 

 

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) há na cidade 16,2 mil pessoas não alfabetizadas. O Plano Nacional de Educação determina que a erradicação do analfabetismo seja cumprida até 2024. A intenção de Campinas é zerar até o próximo ano.


 

A Caminhada encerra as programações realizadas durante o “Fevereiro Violeta”. A cor foi escolhida por simbolizar a dignidade, a prosperidade e o respeito, substantivos que convergem com a missão da Fumec (Fundação Municipal para a Educação Comunitária), responsável pela Educação de Jovens e Adultos no município.

 

Além da Caminhada, durante o mês de fevereiro, foram realizadas buscas ativas por aqueles que não tiveram a oportunidade de estudar na idade certa. Profissionais ligados à Fumec estiveram em regiões da cidade, que foram apontadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) como as que têm o maior número de analfabetos. Entre elas estão os bairros Parque Oziel e o Jardim Conceição, no distrito de Sousas.  

 

Nestes locais, assim como nas proximidades de terminais de ônibus, praças entre outros locais foram espalhados estandes nos quais as pessoas puderam fazer sua pré-matrícula na Fumec. 

 

Fumec

 

 

Em Campinas, a Fumec (Fundação Municipal para a Educação Comunitária) oferece cursos do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) para pessoas a partir dos 15 anos, que não têm nenhum estudo ou com baixa escolaridade. Aqueles que pretendem dar continuidade a vida acadêmica podem procurar a Secretaria de Educação que oferece o Ensino Fundamental (6º ao 9º ano).

 

Em 2013, ano anterior à criação da Campanha de Erradicação do Analfabetismo, cerca de 2.500 pessoas com mais de 15 anos se matricularam nos programas de EJA da Fumec. No ano passado, este número aumentou para 3.802.