fbpx

Emdec leva ações educativas a escolas no Campo Grande e Ouro Verde

 

Dezenove escolas públicas e particulares das regiões do Campo Grande e Ouro Verde estão recebendo ações de educação de trânsito comandadas por educadores e Agentes da Mobilidade Urbana da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). As ações começaram no início do mês, no período de volta às aulas, e prosseguem até o dia 15 de março.

 

 

 

No total, serão impactados mais de 11 mil alunos dos ensinos Fundamental e Médio, moradores dos eixos Amoreiras e John Boyd Dunlop. A escolha das unidades educacionais está relacionada com os impactos viários decorrentes das obras de implantação dos Corredores BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido), nas regiões do Campo Grande e Ouro Verde. São 15 escolas públicas impactadas, além de quatro instituições particulares. Durante as abordagens, a comunidade escolar recebe informações sobre as mudanças na circulação e interferências no trânsito decorrentes das obras.


 

 

 

“É por meio das ações educativas, associadas aos trabalhos de engenharia de trânsito e fiscalização, que temos conseguido reduzir as mortes no trânsito e preservar vidas”, destaca o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro. “Na idade escolar, a conscientização sobre as regras de trânsito ganha ainda mais relevância, pois os alunos se tornam multiplicadores junto aos familiares e ajudamos a formar futuros condutores mais prudentes e responsáveis”, completa.

 

 

 

Nesta segunda-feira, 18 de fevereiro, foi a vez de 500 alunos da Escola Estadual “Prof. Wilson Brandão Tóffano”, no Jardim Campos Elíseos, receberem as orientações, que têm como pano de fundo a Campanha VIVA. Ela conscientiza sobre as regras de circulação para pedestres, passageiros, ciclistas, motociclistas e motoristas, destacando especialmente as travessias seguras.

 

 

 

Os educadores orientam os alunos sobre um dos símbolos da campanha, o gesto do braço estendido. A ideia é estimular os pedestres a utilizarem o novo hábito durante a travessia nas faixas sem semáforos. A pessoa deve se posicionar com segurança na calçada, virada para os veículos, e estender o braço em direção à rua, com a mão aberta, sinalizando sua intenção de atravessar. É fundamental fazer contato visual com os motoristas e aguardar a parada dos veículos, antes de realizar a travessia.

 

 

 

Educadores e agentes também fornecem materiais da VIVA e orientam pais/responsáveis, alunos, transportadores, pedestres e motoristas em geral sobre os seguintes tópicos:

 

 

 

– Sempre atravessar na faixa de pedestres, olhando para os dois lados antes de realizar a travessia;

 

– Não parar em fila dupla e embarcar e desembarcar pelo lado da calçada;

 

– Respeitar a sinalização e reduzir a velocidade do veículo ao se aproximar das escolas;

 

– Transportar as crianças obrigatoriamente no banco de trás, usando bebê conforto, cadeirinha, assento elevatório ou cinto, dependendo da idade;

 

– Contratar apenas transporte escolar devidamente regularizado, com selo da Emdec;

 

– Usar o cinto de segurança, inclusive nas vans escolares;

 

– Transportar a criança em motocicleta apenas se tiver a partir de sete anos, puder alcançar o pedal e abraçar o motociclista, além de usar capacete apropriado para a idade.

 

 

 

Cerca de 4,2 mil alunos foram impactados pelas ações educativas, que já passou pelos colégios Inovar, Raphael Di Santo e Anglo; pelas escolas estaduais “Prof. Alberto Martins”, “Profª. Consuelo Freire Brandão”, “Washington José de Lacerda Ortiz”, “Vitor Meirelles”, e pela escola municipal “Profª. Geny Rodriguez”.

 

 

 

Nos próximos dias, recebem o projeto da Emdec as instituições de ensino EMEF “Prof. Vicente Ráo” (20/02), E.E. “Profª. Conceição Ribeiro” (21 e 22/02), E.E. “Prof. Benevenuto Torres” (25 e 26/02) e Colégio Renovatus (27/02). Entre os dias 11 e 20 de março, será a vez das unidades educacionais CEI Nave-Mãe “Dom Edward Robinson de Barros Cavalcanti”, CEI Nave-Mãe “Mayara Masson Christofoletti”, CEI “Gasparzinho”, E.E. “Prof. Carlos Lencastre”, E.E. “Profª. Glória Aparecida Rosa Viana” e E.E. “Elvira de Pardo Meo Muraro”.

 

 

 

As dicas de segurança no trânsito podem ser conferidas em vídeo que mostra a campanha realizada nas escolas, disponível na página da Emdec no Facebook.

 

 

 

Operação Volta às Aulas

 

 

Além das abordagens educativas, a Emdec realizou, entre 21 de janeiro e 18 de fevereiro, a Operação Volta às Aulas 2019, no entorno de 14 escolas e universidades com grande circulação de pedestres e veículos.

 

 

 

A operação consiste na orientação dos munícipes, organização e fiscalização do trânsito no entorno das unidades educacionais, para garantir a segurança e a fluidez viária. Cerca de 40 agentes da Mobilidade Urbana da Emdec atuaram na operação, por turno.