Conecte-se conosco

Policial

Empresário que atropelou médico é solto pela Justiça

Publicado

em

 Empresário preso (camisa azul) foi levado para o 1º DP, em Campinas. Foto: Reprodução EPTVO empresário Odair Fernando Dimas de Barros, de 64 anos, suspeito de matar atropelado o neurocirurgião Mário Sérgio da Silva, de 50 anos, em frente a uma padaria no Cambuí, em Campinas, na semana passada, foi solto ontem pela Justiça. Ele estava preso desde o dia do crime.

Barros estava em prisão preventiva no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Limeira e foi solto mediante alvará de soltura por liberdade provisória determinada pela Justiça de Campinas.


O caso aconteceu na Rua Emílio Ribas, em frente à padaria Pão do Cambuí. Segundo relatos obtidos pela polícia, a vítima e o motorista tinham discutido no caixa do estabelecimento.

Quando saíram, ainda de acordo com relatos de testemunhas, o médico teria entrado na frente da caminhonete, uma S10 com placa de Indaiatuba, dirigida pelo empresário, que acabou o atropelando. O médico morreu na hora e Barros fugiu sem prestar socorro. As testemunhas anotaram a placa da caminhonete e passaram para a polícia.

Os policiais fizeram diligências e viram que apesar da placa ser de Indaiatuba, o proprietário do veículo morava em Campinas – inclusive, na mesma rua da vítima. Segundo a SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública), os policiais foram até a residência do suspeito, onde realizaram a prisão em flagrante. O caso foi registrado como homicídio no plantão do 1º DP de Campinas e autor encaminhado para carceragem para aguardar a audiência de custódia.

O crime é investigado pelo 13º Distrito Policial que fica no bairro Cambuí.

Apesar de morar em Campinas o médico trabalhava no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo.

Fonte: https://www.acidadeon.com/campinas/cotidiano/policia/NOT,0,0,1465939,empresario+que+atropelou+medico+e+solto+pela+justica.aspx