Conecte-se conosco

Policial

Empresário que matou médico tem prisão preventiva decretada

Publicado

em

 Empresário preso (camisa azul) foi levado para o 1º DP, em Campinas. Foto: Reprodução EPTVA Justiça decretou a prisão preventiva do empresário Odair Fernando Dimas de Barros, de 64 anos, acusado de matar o médico Mário Sérgio da Silva, de 50, na noite de ontem (19) no bairro Cambuí, em Campinas.

Barros atropelou o médico com uma caminhonete em frente a uma padaria tradicional do bairro após uma suposta discussão dentro do estabelecimento comercial. A vítima, que segundo testemunhas, entrou na frente da caminhonete do acusado, morreu na hora e o acusado fugiu sem prestar socorro.


O empresário foi preso horas depois pela Polícia Militar em sua casa e levado para o 1º Distrito Policial, no Botafogo, onde prestou depoimento. Ainda de madrugada ele foi encaminhado para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial, no São Bernardo. Hoje de manhã Odair foi levado para a Cidade Judiciária onde ocorreu uma audiência de custódia que definiu sua prisão preventiva.  Médico atropelado e morto no Cambuí. Foto: Arquivo pessoalA polícia ainda está tentando entender como começou e o que teria motivado a briga que teve um desfecho trágico na noite de ontem. A história chocou a cidade. O velório e enterro do empresário ainda não foram divulgados pela família. O caso aconteceu por voltas das 22h na Rua Emílio Ribas, em frente à padaria Pão do Cambuí. Segundo relatos obtidos pela polícia, a vítima e o motorista tinham discutido no caixa do estabelecimento.  Quando saíram, ainda de acordo com relatos de testemunhas, o médico teria entrado na frente da caminhonete, uma S10 com placa de Indaiatuba, dirigida pelo empresário, e acabou atropelado. O médico morreu na hora e Barros fugiu sem prestar socorro. As testemunhas anotaram a placa da caminhonete e passaram para a polícia.

 Os policiais fizeram diligências e viram que apesar da placa ser de Indaiatuba, o proprietário do veículo morava em Campinas – inclusive, na mesma rua da vítima. Segundo a SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública), os policiais foram até a residência do suspeito, onde realizaram a prisão em flagrante. O caso foi registrado como homicídio no plantão do 1º DP de Campinas e autor encaminhado para carceragem para aguardar a audiência de custódia.  Familiares do médico foram avisados do que ocorreu e foram para a delegacia onde o crime foi registrado.   O crime será investigado pelo 13º Distrito Policial que fica no bairro Cambuí. Como hoje é feriado, a delegacia está fechada. O caso ainda está no 1ºDP.  

Fonte: https://www.acidadeon.com/campinas/cotidiano/policia/NOT,0,0,1463830,empresario+que+matou+medico+tem+prisao+preventiva+decretada.aspx