fbpx

Estado libera verba para início da revitalização do Centro de Convivência

A verba para o início das obras de revitalização do Centro de Convivência Cultural de Campinas foi liberada pelo governo do Estado para a Prefeitura de Campinas na manhã desta quarta-feira, dia 31 de julho. A autorização para a liberação de R$ 19,1 milhões foi assinada pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette, pelo vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia e pelo secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Antônio Vinholi.

 

O valor autorizado será utilizado para a primeira etapa da recuperação. “Fico feliz com esse apoio do Governo do Estado dando a oportunidade de Campinas resgatar um equipamento que faz parte da memória afetiva da cidade. O recurso viabiliza o início da primeira etapa da reforma do Centro de Convivência. Uma obra que terá início, meio e fim”, disse o prefeito Jonas Donizette. Ao lado dele, na cerimônia de assinatura da autorização do repasse de recursos do Estado, estava o secretário municipal de Cultura, Ney Carrasco.


 

O projeto total da revitalização do Centro de Convivência está orçado em cerca de R$ 40 milhões e é dividido em duas fases. A primeira terá início nos próximos meses com a liberação dos R$ 19,1 milhões. “Com dinheiro na conta fica mais fácil lançar o edital da licitação e, a partir do vencedor, dar início da obra com a garantia de pagamento da primeira etapa”, explicou o prefeito.

 

Para a segunda parte, o prefeito mencionou que buscará recursos que poderão ser do próprio orçamento do Estado ou de uma linha de crédito através da Investe São Paulo. “O importante é explicar para a população que não haverá interrupção.” O prefeito espera entregar a obra durante a vigência do seu mandato, em 2020.

 

“Estou feliz que o governador do Estado, João Dória, conseguiu rapidamente o reequilíbrio das contas públicas e a possibilidade desta liberação de R$ 19 milhões para iniciar essa obra. Sei que isso é tirar efetivamente do papel um sonho antigo da cidade de Campinas, da administração do prefeito Jonas Donizette para iniciar a recuperação do Centro de Convivência, que eu sei que tem um simbolismo importante para todos”, disse o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, que esteve na cerimônia representando o governador.

 

Segurança estrutural

 

O prefeito Jonas Donizette explicou que serão aproveitados todos os projetos e estudos que já foram elaborados durante o processo para a revitalização do Centro de Convivência.

 

Em dezembro de 2014, a Orquestra Sinfônica de Campinas apresentou um concerto no Teatro de Arena após finalização de testes que comprovaram a resistência e segurança da estrutura. Os testes foram solicitados pela Administração Municipal para avaliar se seria possível recuperar o local. Com isso, foi definida a recuperação do Centro.

 

O Centro de Convivência Cultural está interditado desde 14 de dezembro de 2011.

 

Reforma 

 

Inaugurado em 9 de setembro de 1976, o Centro de Convivência Cultural de Campinas é um marco na vida cultural da cidade. Faz parte do patrimônio arquitetônico da cidade e essa será a primeira vez que passará por uma reforma estrutural. É um dos equipamentos culturais mais importantes de toda a região de Campinas.

 

O projeto de recuperação prevê novo sistema de drenagem, recuperação da estrutura, impermeabilização para evitar novas infiltrações, reforma dos sanitários com adaptação para pessoas com deficiência.

 

Haverá também a substituição das redes elétrica e hidráulica e modernização do sistema de ar-condicionado e terão instalados novos sistemas de iluminação, acústica e cenotécnica, mais a ativação do fosso com mecanização e equipamentos modernos e tecnológicos.

 

Viaturas da PM

 

Na mesma cerimônia, o prefeito de Campinas e o vice-governador participaram da entrega de 95 viaturas para a Polícia Militar da região. Somente para batalhões da PM em Campinas, foram entregues 21 veículos: 17 viaturas e 4 motos.

 

O secretário de Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos e prefeitos de várias cidades da região também estiveram presentes. O evento foi na sede do Comando de Policiamento do Interior 2 (CPI-2) da Polícia Militar, em Campinas.