fbpx

Festival de Inovação terá 13 dias com mais de 100 atividades de tecnologia

 

Para evidenciar o potencial de inovação e empreendedorismo da Região Metropolitana de Campinas, será realizada, de 19 a 31 de outubro, a 1ª edição do Campinas Innovation Festival. O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, e o vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira, participaram do lançamento do evento, na tarde desta segunda-feira, 14 de outubro, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

 

 

Nos 13 dias de programação, serão mais de 100 atividades voltadas principalmente à Inovação, Empreendedorismo, Economia Criativa, Tecnologia e Cultura. A organização do evento é da Fundação Fórum Campinas Inovadora (FFCi). O Festival será encerrado com a 6ª edição do INOVACAMPINAS, nos dias 30 e 31 de outubro, com exposição e rodada de negócios.


 

 

As atividades estarão espalhados por toda a cidade. A programação, com datas, horários, locais e descrição dos eventos pode ser acessada pelo site www.campinasfestival.org.br. A realização do Campinas Innovation Festival foi inspirada no SXSW (South by Southwest), realizado nos EUA. O evento foi palco do lançamento do Twitter, Uber e Airbnb.

 

 

“Vamos mostrar para a população que a economia criativa, inovação e tecnologia estão presentes em vários setores da nossa vida e que Campinas tem se destacado no Brasil justamente por ter esses atributos. A economia criativa ligada à tecnologia pode trazer um resultado de oportunidades na vida das pessoas”, disse o prefeito.

 

 

Jonas Donizette comentou a parceria da Prefeitura de Campinas com mais de 50 entidades. Entre outras, citou a Unicamp, Puc-Campinas, Mackenzie, Unimetrocamp, Etec-Bento Quirino, Campinas Tech.

 

 

Cerca de dois mil estudantes da rede municipal vão participar das atividades da Campinas Innovation Festival, que também dão ênfase ao Empreendedorismo e outros temas. “A tecnologia é boa, mas temos que nos preocupar também com a ocupação das pessoas. Uma semana como essa traz a reflexão para que tenham um novo olhar para o mercado de trabalho. O empreendedorismo é fundamental porque quem empreende dá conta da sua sobrevivência e também oferece oportunidades para outras pessoas”, acrescentou o prefeito.

 

 

Temas

 

 

O Festival de Inovação será amplo e abrangerá muitos temas. Serão discutidas questões relativas às Cidades Inteligentes; Desenvolvimento Humano; Arquitetura, Design e Paisagismo; Educação; Saúde; Gestão e Internet das Coisas. Haverá seminários, workshops, palestras e atrações culturais, incluindo uma apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas.

 

 

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, André Von Zuben, disse que será o maior evento já realizado em Campinas, pela abrangência e diversidade dos seus participantes, tanto do setor público como do privado, universidades, escolas técnicas, órgãos de classes. “Conseguimos envolver a todos, participando com o que tem de melhor”.

 

 

O reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, parabenizou todos os parceiros, “dedicados para ter uma cidade e uma região cada vez melhores”. Também presidente do Conselho da Fundação Fórum Campinas Inovadora (FFCi), Knobel vê o festival como uma oportunidade para ressaltar o que a cidade e a região têm de melhor: “a inovação, uma cidade voltada para o empreendedorismo, startups, centros de conhecimento e de tecnologia”.

 

 

Para o presidente da diretoria executiva da FFCi e diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, Eduardo Gurgel do Amaral, o Campinas Innovation Festival é “uma oportunidade para gerar conexões e fortalecer o ecossistema de inovação baseado em tecnologia e sustentabilidade, com a participação de diversas instituições da Região Metropolitana de Campinas.”