Connect with us

Nossa Cidade

Habitação demole moradias e faz alerta sobre golpes

Publicado

em

Cerca de 30 moradias erguidas em uma área verde da Prefeitura serão demolidas nos próximos dias pela Secretaria de Habitação de Campinas. As construções fazem parte de um parcelamento irregular que foi descoberto após uma denúncia anônima. Três pessoas respondem por estelionato. O espaço no Jardim Itaguaçú 2 tem cerca de 35 mil metros quadrados e era comercializado ilegalmente pela associação de moradores do bairro.

O coordenador Especial de Habitação Popular, Edison Cunha, explica uma imobiliária também participava da elaboração dos contratos falsos. Ele estima que pelo menos 40 famílias tenham comprado os lotes e investido nas construções, mas explica que as quantias não serão devolvidas. Essas pessoas foram notificadas e tem até o dia 5 de outubro para desocuparem o lugar. Depois disso, todas as estruturas – cerca de 30 – serão demolidas.


De início, três construções de alvenaria já foram removidas. A suspeita é de que elas seriam da associação da região e serviriam como pontos comerciais. A operação que levou três pessoas para o Segundo Distrito Policial de Campinas contou com o apoio da Guarda Municipal. Um boletim de ocorrência foi feito. Além de estelionato, os envolvidos devem ainda responder por parcelamento irregular de solo público. A ação faz parte de um trabalho contínuo da Pasta.

O coordenador especial de habitação, Edison Cunha, afirma que as irregularidades são cometidas principalmente em áreas da periferia da cidade. Para combater golpes e fraudes e evitar que mais pessoas sejam lesadas, a Pasta pede que população faça denúncias sobre adensamentos e ocupações deste tipo. O contato com os órgãos responsáveis, que pode ser anônimo, deve ser feito através dos telefones 3119-9575, na Cohab-Campinas, e 3119-9613 na Sehab.

Fonte: cbn

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.