fbpx

“Investimento em educação é prioridade”, afirma prefeito

“Decidimos entregar uniforme e material escolar aos estudantes, logo nos primeiros dias do ano. E isso não é um presente. É um investimento, pensado como prioridade, para atender à necessidade dos alunos. Eu sei que o uniforme escolar e a merenda são tão importantes quanto as obras realizadas na cidade. Porém, são investimentos que não aparecem para todo mundo ver, porque refletem na vida das famílias que têm crianças. Mas este é o caminho certo: temos que investir em educação e olhar para o futuro”. Com esta afirmativa, o prefeito Angelo Perugini realizou a entrega de uniforme escolar em mais quatro escolas municipais, nesta terça-feira (12/02).: EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Armelinda Espúrio da Silva, no Jd. N. Sra. de Fátima; EMEF Nicolas Thiago dos Santos Lofrani, no Jd. Sumarezinho; EMEF Fernanda Grazielle R. Covre, no Jd. Adelaide; e EMEF Salvador Zacharias P. Junior, no Jd. Novo Ângulo.

A distribuição dos kits de verão (duas camisetas e uma bermuda) e inverno (calça e jaqueta) começou na segunda-feira (11/02) e será finalizada até o dia 28 deste mês, atendendo todos os 25 mil estudantes da rede municipal.


Perugini observa que “diante da crise econômica que assola o Brasil, Hortolândia, como todos os municípios, sofre com a falta de recursos. No entanto, a cidade prioriza a saúde e a educação, oferecendo uniforme e material escolar gratuito e investindo em merenda de qualidade, com arroz, feijão, legumes, verduras e carne no cardápio das escolas, todos os dias”. 

Os uniformes escolares foram produzidos por 60 alunas do curso de Costura Industrial, oferecido por meio do CQPP (Centro de Qualificação Pessoal e Profissional), programa da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. Uma das aprendizes é a Rafaela Gomes Ferreira, de 33 anos. Mas, nesta terça-feira, ela estava na condição de mãe, na EMEF Fernanda Grazielle, no Jd. Adelaide, onde estuda sua filha Yasmin, de 12 anos. “Vim aqui receber o uniforme que eu mesma costurei. Isso me dá muito orgulho porque eu aprendi uma profissão e ajudei neste trabalho de garantir uniforme para as crianças”, comentou Rafaela. “As alunas do curso compraram esta ideia de produzir os uniformes e foi uma experiência bastante positiva”, disse o Secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Bueno.

Dessa forma a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia fez a prova das roupas nos alunos, com antecedência, na semana passada. Dessa forma, as famílias levaram para casa o uniforme no tamanho certinho da criança, evitando a necessidade de ajustes. “O prefeito Angelo Perugini vê a importância deste trabalho e se esforça para tudo isso aconteça da melhor forma possível”, mencionou a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Alessandra Amora Barchini.

Nesta quarta-feira (13/02), a entrega dos uniformes acontece nas seguintes escolas: EMEF Jd. Nova Europa, no Jd. Nova Europa (às 7h30); EMEF Caio Fernando Gomes Pereira, no Jd. N. Sra. Auxiliadora (às 10h30); EMEF Prof. Cláudio Roberto Marques, no Jd. Santana (às 13h30); assim como na EMEF Profª Janilde Flores G. do Vale, na Vila Real (às 16h30).

PIC

A Educação é uma das prioridades do prefeito Angelo Perugini, que em contrapartida investe em melhorias no atendimento aos alunos da cidade. Faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). Desde 2017, a Prefeitura oferece uma nova alimentação escolar, com a proposta de, dessa forma, servir uma refeição mais saudável os estudantes das escolas municipais, estaduais e a ETEC (Escola Técnica Estadual) de Hortolândia, Centro Paula Souza. A Administração conta com um cardápio com frutas, verduras, arroz, feijão e carne, servidos diariamente a cerca de 43 mil alunos. 

Da mesma forma outro investimento da Prefeitura está na ampliação do Programa de Educação Integral para 21 Emefs (Escolas Municipal de Educação Fundamental) do município, cuja ação proporcionará atendimento de 3,5 mil alunos. No ano passado, 15 escolas desenvolvem o projeto, que oferece aulas no período de manhã e a tarde.

A Administração, no entanto, ainda busca apoio do Governo Estadual para implantar uma Fatec (Faculdade de Tecnologia de São Paulo) em Hortolândia, com a proposta de oferecer gratuitamente curso superior nas áreas de tecnologia. E dessa forma incentivar o jovem, a Prefeitura mantém o cursinho popular, para preparar a população para o Vestibular e para o Enem (Ensino Nacional do Ensino Médio). As inscrições estão abertas e as vagas dobraram de 60 para 120.