fbpx

Jd. Ricardo: prefeito busca parcerias para realizar obra antienchente

Nesta quarta-feira (20/02), Perugini se reuniu com representantes da concessionária Rodovias do Tietê e da empresa Rumo

O prefeito Angelo Perugini esteve, na manhã desta quarta-feira (20/02), na sede da Rodovias do Tietê conversando com representantes da concessionária e da empresa Rumo Logística para realizar as obras que vão evitar novos alagamentos na baixada do Jardim Ricardo durante o período de chuvas. 


Conforme compromisso assumido com a população, Perugini continua a busca por soluções com os responsáveis pela administração da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101) e da linha férrea já que o planejamento para resolver o problema prevê a passagem de uma grande tubulação para drenagem de água sob estes espaços, que são privados.

Também participaram da reunião secretários da Prefeitura e agentes da Câmara Municipal de Hortolândia.

De acordo com o Departamento de Serviços Urbanos da Prefeitura de Hortolândia, a vazão da água da chuva acontece sob a rodovia, alcançando também a ferrovia, por isso, a necessidade da instalação desta tubulação. A Administração Municipal realiza trabalhos paliativos no local desde janeiro para evitar novos problemas, enquanto Perugini conversa com as concessionárias responsáveis a realização da grande obra no local.

O trabalho acontece com maquinário específico para resolver este tipo de situação. É realizada a retirada da terra e a limpeza.  O serviço paliativo conteve a abertura de novas crateras que agravariam a erosão.

HISTÓRICO

Ainda em janeiro, Perugini se reuniu com representantes da comunidade local para explicar os procedimentos necessários junto com os parceiros da Prefeitura na realização dos trabalhos de recuperação dos danos na área após fortes chuvas que atingiram Hortolândia no primeiro final de semana do ano. O assunto foi a pauta da reunião de hoje (20/02), na sede da Rodovias do Tietê. 

Na época, o prefeito explicou que além da Administração Municipal, os serviços no local serão realizados pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), responsável pela rede de esgoto; pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), gerenciadora da rodovia; e pela Rumo Logística, concessionária responsável pela linha férrea que atravessa a cidade.