Connect with us

Nossa Cidade

Medidas restritivas reduzem número de casos e atendimentos nos CSs

Publicado

em

As medidas restritivas que estão sendo adotadas em Campinas desde a segunda quinzena de março surtiram efeito e foram muito importantes na melhoria da situação da Covid-19 em Campinas. O número de casos confirmados de Covid na cidade caiu de 2.612, registrados na semana em que as medidas começaram a ser tomadas, para 299 na semana passada.

Em relação ao número de pessoas aguardando leitos, também houve uma queda significativa, já que entre dia 21 e a última semana de março a espera por estruturas de UTI e enfermaria era de cerca de 200 pessoas. “Hoje, 6 de abril, 78 pessoas esperavam por leitos de UTI e enfermaria. No entanto, 30 leitos estavam disponíveis e seriam ocupados por esses pacientes”, disse a diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), Andrea von Zuben.


Os atendimentos de pessoas com queixas respiratórias nos centros de saúde caiu de 11.953 por semana para 7.385 na semana passada. Nesta semana, foram 2.025.

“Nos últimos dias tivemos uma redução na fila de espera por leito. Os números de atendimentos também diminuíram. Isso prova que as medidas adotadas em Campinas foram amargas, difíceis, mas efetivas. Nós não podemos comemorar, mas a situação é menos pressionada do que foi há duas semanas. Isso se deve à adesão da população de Campinas às políticas de enfrentamento à pandemia”, afirmou o prefeito.

Vacinação

A vacinação de pessoas a partir de 85 anos já atingiu a meta. A diretora do Devisa ressalta que as vacinas já começaram a apresentar resultados. Em março do ano passado, 60% dos óbitos eram de pessoas de 0 a 84 anos e 40% acima de 85. Em março de 2021, do total de mortes, 87,69% foram de pessoas entre 0 e 84 anos e, 12,31% de maiores de 85.

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.