fbpx

Novo delegado assume a chefia regional da Polícia Federal em Campinas

O novo delegado chefe da Delegacia da Polícia Federal de Campinas, Edson Geraldo de Souza, tomou posse nesta quinta-feira, dia 13 de junho, em cerimônia no Auditório do Instituto Agronômico (IAC) em Campinas. O prefeito de Campinas, Jonas Donizette participou do evento. O superintendente regional da PF no Estado de SP, Lindinalvo Alexandrino de Almeida Filho, também esteve presente à solenidade.

 

Edson Geraldo de Souza assume no lugar do delegado Paulo Víbrio Júnior, que foi para a chefia da Assessoria de Imprensa, Comunicação Interna e Cerimonial da Superintendência Regional da PF São Paulo. O delegado cessante estava à frente da PF de Campinas desde novembro de 2015. 


 

Em sua fala, o novo delegado destacou que já foi preparada uma nova frente de atuação em Campinas que se dedicará tanto ao combate ao tráfico de drogas quanto à luta contra a corrupção e a lavagem de dinheiro. “Nossa equipe já está preparada para isso. Tenho muito orgulho de estar hoje em Campinas. Dentro do planejamento estratégico da Polícia Federal trabalharemos no aprimoramento e incremento das atividades de polícia judiciária em Campinas”, afirmou.

 

O delegado Paulo Víbrio Júnior que chefiava a PF do município, destacou as realizações da PF como a “construção do Laboratório de Química Forense, que ficará na unidade da PF em Viracopos e será referência no Brasil; a inauguração do posto de emissão de passaportes no Shopping Parque das Bandeiras; e da unidade de Polícia Federal Aeroportuária em Viracopos. Em especial, temos a confirmação da doação do terreno para a construção da sede da PF na qual fazemos um agradecimento especial aos poderes Legislativo e Executivo de Campinas”, afirmou.

 

O prefeito Jonas Donizette também destacou essa doação feita pela Prefeitura. “Achamos importante ter uma boa estrutura da Polícia Federal. Fizemos a doação em meu primeiro mandato e o dr. Paulo Víbrio conversou comigo e explicou que não havia recursos na época para as obras. A doação estabelecia que a construção deveria ser em cinco anos e esse prazo foi estendido após projeto aprovado pela Câmara”, contou.

 

Jonas Donizette ressaltou o papel dos últimos chefes da PF e os desafios de Souza. “Parabenizo a Polícia Federal pelos seus bons quadros. Cada um, com sua característica pessoal, mas imbuídos dos propósitos da instituição que representam. Campinas é uma cidade diferenciada, a delegacia da PF tem números muito expressivos e ganha em volume de muitos Estados, sendo a quinta maior do País.”

 

Novo delegado regional

 

Edson Geraldo de Souza é delegado da Polícia Federal Classe Especial. Formado em Direito Pela Unaerp/Ribeirão Preto em 1999, entrou na PF em 2006, atuando inicialmente em Presidente Prudente. A partir de 2007 foi delegado da equipe da Delegacia Regional da PF de Ribeirão Preto por vários anos, até que em março de 2017 assumiu o cargo de delegado regional naquela cidade.

 

O novo delegado regional da PF de Campinas também participou de missões na Amazônia (2010) e na África do Sul (2009) e Bolívia (2007). Atualmente cursa pós-graduação em controle, detecção e repressão a desvios de recursos públicos.

 

Sobre a PF de Campinas

 

A jurisdição da Polícia Federal de Campinas abrange 58 municípios e o Aeroporto Internacional de Viracopos, onde há uma unidade de atendimento. A missão da PF é exercer as atribuições de política judiciária e administrativa da União. 

 

Faz parte do trabalho da PF: combate ao tráfico de drogas, crimes de descaminho, desvio de recursos públicos, abuso sexual e infantil, também oferece serviços, como a emissão de passaportes, controle migratório, controle de armas, certidão de antecedentes criminais, entre outros.