Conecte-se conosco

Nossa Cidade

Obras do BRT Campo Grande avançam para a Rua Dr. Ricardo, no centro

Publicado

em

As obras de implantação do Corredor BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido) Campo Grande, na região central, avançaram para trecho da Rua Dr. Ricardo, nesta semana. São mais 200 metros de intervenções para execução do pavimento de concreto do Corredor BRT.

 

 

Com o avanço dos trabalhos, a Rua Dr. Ricardo foi interditada ao tráfego de veículos, no trecho entre as vias Dr. Mascarenhas e Marquês de Três Rios. O trecho a partir da Marquês de Três Rios, que é um trecho sem saída, também recebe obras de pavimentação do corredor BRT. A previsão inicial de duração dos trabalhos é de cerca de 60 dias.


 

 

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) programou desvios para garantir a circulação na região. Os motoristas que trafegam pela Rua Dr. Ricardo com destino à Avenida Andrade Neves, devem desviar pela Rua Sebastião de Souza para acessar a avenida.

 

 

Já os motoristas que trafegam pela Rua Dr. Mascarenhas e acessariam a Rua Dr. Ricardo, devem seguir pela Dr. Mascarenhas até a Avenida Governador Pedro de Toledo, seguindo pelas vias Luís Gama, Santana Gomes e Salustiano Penteado, acessando a Avenida Barão de Itapura na sequência.

 

 

Etapas

 

No início de outubro, um trecho da Rua Saldanha Marinho, entre as vias Dr. Mascarenhas e Marquês de Três Rios, foi interditado para a execução da mesma etapa de obras do Corredor BRT Campo Grande. No último dia 11 de novembro, as obras avançaram para a Rua Marquês de Três Rios, desde a altura da Praça Dona Júlia Lopes até o cruzamento com as vias Onze de Agosto e Saldanha Marinho.

 

 

Em agosto, houve a interdição de um trecho de cerca de 350 metros da Avenida João Penido Burnier, entre a Rua Saldanha Marinho e o acesso à Avenida Senador Saraiva. O local recebe a execução do pavimento de concreto do corredor e das estações do novo Terminal BRT Mercado.

 

 

BRT Campo Grande

 

As frentes de obras na região central integram o Lote 1 do BRT. O Lote 1 compreende o trecho 1 do Corredor BRT Campo Grande, que é a ligação entre a região central até a Vila Aurocan, com extensão de 4,3 km; além de todo Corredor Perimetral, com 4,1 km. O responsável pelo Lote 1 é o Consórcio Corredor BRT Campinas, formado pela Arvek, D. P. Barros, Trail, Enpavi e Pentágono. O valor total do lote é de R$ 88,9 milhões.

 

 

Os três corredores BRT do município (Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral) têm custo total de R$ 451,5 milhões. São 36,6 km de corredores, com previsão de conclusão total em meados de 2020.