fbpx

Notícias Campinas

Portal de Notícias da RMC

Ordem de serviço para obras da Policlínica Glicério foi assinada hoje

A ordem de serviço para início da primeira etapa das obras da Policlínica Glicério foi assinada nesta quinta-feira, dia 4 de julho, pelo prefeito de Campinas Jonas Donizette. O prédio, que foi cedido pela União, passa por adequação para comportar o funcionamento da unidade de saúde, que vai substituir a Policlínica 2. 

 

 

Segundo o prefeito Jonas Donizette, a Policlínica Glicério oferecerá especialidades como endocrinologia, oftalmologia, fonoaudiologia, otorrinolaringologia, reumatologia, alergologia, gastroenterologia infantil, dermatologia, pneumologia e homeopatia. Também haverá atendimento de psicólogos e nutricionistas. “A mudança vai garantir ainda mais qualidade de atendimento. É um prédio que tem 2.800 metros quadrados e nessa primeira etapa de obras reformaremos os elevadores e vamos montar todo o sistema de ar-condicionado e geradores. Serão investidos R$ 1,6 milhão”. 


 

 

 

De acordo com o prefeito, o investimento vem de uma verba de contrapartida do Grupo Direcional por empreendimentos aprovados. “Em meu governo estabeleci uma contrapartida de acordo com o que a empresa fará, variando entre 3 a 5% do lucro pela construção de empreendimentos. Essa porcentagem é usada para construção de equipamentos públicos”. 

 

 

Responsável pelas articulações que levaram à cessão do prédio à Prefeitura, o vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, afirmou que várias tratativas estão sendo feitas para que novos prédios sejam transferidos ao município. “Alguns deles nós já conseguimos essa transferência por conta do grande interesse público que trazem ao município, como a Ciatec, a Companhia de Desenvolvimento do Pólo de Alta Tecnologia de Campinas e a Estação Cultura. Existem vários outros prédios, como a Casa dos Conselhos, que estão vindo para o município e serão bem aproveitados”. 

 

 

 

 

O evento também teve a participação do secretário Municipal de Infraestrutura, Pedro Leone, pasta encarregada da gestão e fiscalização das obras. Autoridades legislativas municipais também participaram do evento, bem como representantes da Secretaria Municipal de Saúde. Por parte da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), esteve presente o representante Anderson Luciano.

 

O espaço fica na Avenida Francisco Glicério, 1.477, na esquina com a Rua Barreto Leme, 1.000. A Policlínica 2 atualmente está instalada na Avenida Campos Sales, 737, em um prédio muito antigo e sem acessibilidade. 

 

Na segunda etapa “serão feitas as partes hidráulicas e elétricas, instaladas as divisórias, pintura e colocados os metais e louças sanitárias. A previsão é que a Policlínica Glicério comece a funcionar ainda no meu mandato, no ano de 2020”, contou o prefeito. 

 

Atualmente, a Policlínica 2 atende uma média de 350 pacientes por dia. No novo prédio, as especialidades serão ampliadas e serão incluídos exames de audiometria, ultrassom de tireoide (com e sem biópsia), além de procedimentos cirúrgicos de dermatologia. Portanto, o número de atendimentos será ampliado. As novas instalações contarão com acessibilidade, dois elevadores e banheiros para pessoas com deficiência.