Notícias Campinas - Ordem de serviço para obras do CS do Jardim Lisa foi assinada sábado, 22

Ordem de serviço para obras do CS do Jardim Lisa foi assinada sábado, 22

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, assinou no sábado, 22 de dezembro, a ordem de serviço para o início das obras do novo Centro de Saúde do Jardim Lisa. O vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira participou do evento.

Com a nova unidade, a área de atendimento será ampliada. Hoje, parte da população que mora na abrangência do Jardim Lisa tem que buscar assistência no Centro de Saúde Valença.


“O bom de construir novos centros de saúde é que, além de poder atender a quem mora no bairro também desafoga o atendimento de outros lugares”, ressaltou o prefeito.

O novo CS terá uma área construída de 609,7 metros quadrados em um terreno de 2,9 mil metros quadrados. Atualmente, a unidade funciona em um prédio pequeno, na rua Doutor Octávio César Borghi, número 29.

O espaço foi adaptado para ser unidade de saúde e não comporta mais a demanda da população. A microrregião do Lisa tem uma população estimada de 10 mil pessoas atuais podendo chegar a 16 mil nos próximos anos.

O prefeito disse que o novo CS terá investimento de R$ 2,1 milhões. A nova unidade contará com: consultórios, salas para coordenação, reunião, expurgo, agentes de saúde, espaço para atendimento de urgência e emergência, farmácia, estacionamento, entre outros.

O CS Lisa conta com 22 profissionais, sendo três médicos, e realiza, em média, 200 atendimentos por dia. Com a nova estrutura, haverá ampliação do quadro, aumentando e qualificando a assistência.

Sem precedentes

O prefeito destacou que “não há precedentes de outras cidades que estejam investindo na área de saúde como Campinas tem feito”.

O governo entrega no primeiro trimestre de 2019 o CS Florence, Caps Parque Itália, Satélite Íris 2 e DIC 6. Também está em construção o maior Ambulatório Médico de Especialidades (AME) do Estado, que funcionará no Parque Itália, que vai equilibrar o atendimento com o Mario Gatti.

Também foram reformadas 30 unidades de saúde, além de todo o setor de leitos do Hospital Mário Gatti. Outras 13 unidades estão passando por reformas: Caps Castelo Branco e CSS Ipaussurama, São Quirino, Costa e Silva, Castelo Branco, Parque Floresta, São José, Jardim Aeroporto, Jardim Conceição, Vila Ipê, Santo Antonio, Santa Odila e Rosália. No início de 2019 será retomada a obra de reforma do CS Capivari.

Além do prédio, acrescentou o prefeito, foi liberada também a contratação de pessoal por concurso público de 100 profissionais sendo 35 deles médicos que já estarão atuando em 2019. “Neste final de ano quero dizer da alegria de trabalho feito pela população”, disse.

“É mais uma demonstração absoluta de compromisso à política de fortalecimento da atenção básica no nosso município”, disse o secretário de Saúde, Carmino de Souza. Ele lembrou as realizações na área de saúde. “o governo vai entregar praticamente 25 centros de saúde novos e já reformamos 30”.

Desde 2013 foram entregues oito novos Centros de Saúde (San Martin, Centro, Parque Oziel, São Bernardo, San Diego, Santos Dumont, Satélite Íris 1 e Perseu Leite de Barros).

Outras quatro unidades de saúde deverão ser entregues no primeiro trimestre de 2019: CS Florence, Caps Parque Itália, Satélite Íris 2 e DIC 6.

Foi entregue o Hospital de Amor, unidade em Campinas do Hospital de Câncer de Barretos.

Em construção também o PS Metropolitano, na Vila Padre Anchieta.

Outras unidades estão sendo construídas: CSS Esmeraldina, Nova América, São Cristóvão, Boa Vista. Também será construído o CS Bassoli