fbpx

Orquestra Sinfônica de Campinas dá início aos concertos didáticos de 2019

A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas dá continuidade série de Concertos Didáticos em 2019. As apresentações acontecem nos dias 13, 14, 15, 16, 19, 20, 21, 22, 27, 28 de fevereiro e 1º de março com início às 9h, no Teatro Castro Mendes (Rua Conselheiro Gomide, 62). Esses concertos são abertos apenas para escolas municipais, instituições filantrópicas, associações, ONGs – não são abertos ao público em geral. Trata-se de um projeto elaborado pela Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas junto com a Secretaria de Cultura e a Secretaria de Educação, para inserir os alunos da rede municipal de Educação e instituições não-governamentais na produção dos bens culturais e artísticos da cidade. A regência desta série de concertos didáticos será do maestro Igor L. Maia.

O programa, além de fomentar e formar novos ouvintes, proporciona acesso aos novos timbres e sons produzidos por uma orquestra e também porque cultura, arte e educação andam juntas. Esta é uma forma para que as crianças, adultos e idosos, com ou sem deficiência, conheçam outros estilos e formas musicais e desenvolvam novas emoções e um novo repertório musical. O ator convidado para interpretar e interagir com a plateia é Valdo Matos.


Nesta série de concertos, o maestro e os músicos vão interagir com a plateia, falando sobre as obras, autores e instrumentos musicais que fazem parte de uma orquestra. Todas as obras apresentadas são de conhecimento do grande público.

Sobre Igor L. Maia – regente

Nascido em Campinas, Igor Maia é compositor e regente. Ele é doutor em composição musical pelo King’s College London. É bacharel em composição musical pelo Conservatório Real de Haia (Holanda) e mestre em música pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Participou de festivais e cursos com compositores como Isabel Mundry, Brian Ferneyhough, Martin Matalon, Toshio Hosokawa, Jukka Tiensuu, entre outros. Como compositor, sua música tem sido tocada em diversos concertos e festivais na Europa, Américas e Japão por orquestras e grupos como Orquestra Sinfônica de Bournemouth, Orquestra Sinfônica de Campinas, Ensemble Boswil, Ensemble Reconsil, Ensemble Linea, Lontano, Modelo 62 e Orquestra de Câmera Avanti!. Recebeu importantes prêmios no Brasil e Exterior, como o Prêmio Funarte de Composição Clássica em 2016 e 2010, 2o Prêmio do Concurso Internacional de Composição Pablo Casals (França), Prêmio do II Concurso Nacional Música Hoje, Prêmio BMI de Compositores Estudantes (EUA). Como regente ele atuou na Alemanha, Brasil, Espanha, Holanda e Grã-Bretanha.

Sobre Valdo Matos – ator

Clown e titeriteiro. Iniciou suas atividades no teatro no ano de 1979, e participou de diversos trabalhos como ator, produtor e diretor de espetáculos teatrais, utilizando técnicas diversificadas da linguagem cênica.

Em 1987, Valdo Matos recebeu o prêmio de melhor ator no Festival de Teatro Infantil realizado pelo Sesc-Campinas em parceria com o Jornal Correio Popular. Em 1990, durante a participação do ator no 4º Festival Universitário de Teatro de Blumenau Valdo Matos foi indicado para o prêmio de melhor ator com o espetáculo Zum ou Zois de Josê Mauro Padovani e Carlos Meceni. Em 1999, após ter participado de alguns festivais de teatro na Europa com o espetáculo Caramel Clown, Valdo Matos recebeu o prêmio especial do júri no FETEMIG (Festival de Teatro de Minas Gerais).

Programa:

Cameratas OSMC

a) Apresentação de instrumentos – Cordas

(violino, viola, cello, contrabaixo)

W. A. Mozart: Pequena Musica Noturna, I mov,

Johann Strauss: Polka Pizzicatto

Carlos Gomes: sonata “Burrico de Pau”, IV mov.

b) Apresentação de instrumentos – Sopros e Madeiras

(flauta, oboé, clarineta, fagote)

Joachim Raff (1822-1882): Sinfonietta, Op.188, Mov IV

Scott Joplin: Ragtime serenade, The Easy Winners

c) Apresentação de instrumentos – Metais

(trompa, trompete, trombone, tuba)

Temas Infantis (Arr. Isac Emerick)

Cartoon Medley (Arr. Isac Emerick)