Connect with us

Nossa Cidade

Plano prevê desmobilizar Hospital de Campanha a partir de meados de agosto

Publicado

em

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, anunciou nesta quarta-feira, dia 22 de julho, em transmissão ao vivo na internet, que o Hospital de Campanha deve começar a ser desmontado em meados de agosto. O hospital foi montado na sede dos Patrulheiros pelos Expedicionários da Saúde e conta com 84 leitos de retaguarda. A gestão e o custeio são da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar. Os atendimentos são feitos por uma empresa contratada. 

De acordo com o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, o motivo de iniciar a desativação é o fato de Campinas ter atingido uma estabilização na ocupação de leitos de retaguarda. 


O Hospital de Campanha foi aberto em maio, com 36 leitos de retaguarda. Posteriormente foi ampliado para 54 e depois para 84. A unidade atende pacientes de baixa e média complexidades.

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2018 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.