fbpx

Poluentes emitidos por automóveis são foco de ação na Barreto Leme

Quem passar de carro hoje (24) pela rua Barreto Leme, logo após o Paço Municipal, estará participando de um levantamento inédito, promovido pela Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS), sobre os gases emitidos pelos escapamentos dos automóveis. 

 

A medição é feita por sensores remotos instalados na via que fazem a análise e determinam a emissão de cada veículo. O secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas (SVDS), Rogério Menezes, e o secretário de Transportes, Carlos Barreiro, além de técnicos das duas secretarias, fizeram uma visita ao local onde os testes estão sendo realizados.


 

“Este projeto-piloto tem por objetivo aferir a quantidade e o tipo de poluentes que os automóveis jogam no ar todos os dias em Campinas. Essas informações são úteis para a formulação de políticas públicas na área”, destaca Menezes.

 

Resultados

 

As pessoas interessadas em conhecer o resultado da medição em seus veículos podem enviar um e-mail para [email protected] com as informações de identificação (placa, ano de fabricação, marca e modelo) para receber os dados gratuitamente.

 

Segundo o engenheiro Gabriel Murgel Branco, da EnvironMentality Tecnologia com Conceitos Ambientais, os laudos indicarão não só os dados dos poluentes emitidos, como orientarão para a necessidade, se for o caso, de manutenção corretiva do automóvel.

 

“Nosso objetivo é conscientizar as pessoas para o fato de que elas podem  melhorar a qualidade do ar se fizerem a manutenção adequada dos seus veículos”, afirmou. 

 

Como é feita

 

A medição será feita em praticamente todos os veículos que passarem pela rua Barreto Leme nesta quinta-feira, 24 de outubro, até as 16h. Para participar do levantamento, não há necessidade de parar ou reduzir a velocidade, basta seguir em ritmo normal pela via.

 

O equipamento avalia as emissões de gases como CO (monóxido de carbono), HC (hidrocarbonetos), Nox (óxido de nitrogênio), CO2 (dióxido de carbono), entre outros poluentes, e a opacidade.

 

A ação é desenvolvida por meio de uma amostragem contínua dos gases na rua, por meio dos raios infravermelho e ultravioleta. A medição é feita em 0,5 segundo após a passagem do veículo, da qual são descontados os gases do ambiente, deixados pelo veículo anterior. 

 

Acelerar demais ou frear o automóvel na hora da medição aumentam os resultados e devem ser evitados.

 

Serão também medidas a velocidade e aceleração para estimar a potência do motor e a placa do veículo será registrada para identificação do modelo e comparação com os parâmetros de referência de fábrica.

 

Parceria

 

A medição gratuita de gases dos automóveis é resultado de uma parceria da SVDS com a EnvironMentality Tecnologia com Conceitos Ambientais, e conta com o apoio da Emdec (Empresa Municipal para o Desenvolvimento de Campinas).