Conecte-se conosco

Nossa Cidade

Prefeito participa de inauguração de novo aparelho do Boldrini

Publicado

em

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, acompanhado da primeira-dama Sandra Ciocci, participou na manhã desta sexta-feira, 2 de agosto, da inauguração do novo aparelho de ressonância magnética do Centro Infantil Boldrini. Referência em tratamento onco-hematológico, o hospital filantrópico passa a usar um dos equipamentos mais modernos do mercado mundial, o Signa Voyager, Ge Healthcare.

 

O aparelho é rápido, de alta qualidade e permite maximizar a produtividade, melhorar o fluxo de trabalho e, ao mesmo tempo, oferecer o máximo de bem-estar para o paciente.


 

A solenidade de inauguração, além do prefeito Jonas e de sua esposa, contou com a presença da presidente do Boldrini, Silvia Brandalise; de Daniel Nava, responsável pela radiologia do hospital; dos doadores do novo aparelho: a empresária Maria Cláudia Ballesteros e o representante da Vida Cap, Antonio Galli, além de representantes da equipe médica, diretoria executiva, voluntários, empresários, instituições parceiras, familiares, pacientes, ex-pacientes e demais colaboradores do hospital.

 

De acordo com o prefeito, cada visita feita ao Boldrini é uma lição de humildade e amor à vida. “Hoje participamos da inauguração de um equipamento de ressonância magnética de última geração e posso dizer que Campinas se sente honrada por ter uma instituição como o Boldrini, que faz um trabalho de excelência. Nos emociona ver um jovem levantar e acenar para todos depois de ter sido paciente do Boldrini, quando criança. Certamente esse é o grande resultado do trabalho tão bonito realizado por essa instituição que cuida com amor da vida das pessoas”, ressaltou o prefeito.

 

Para a presidente do Centro Infantil Boldrini, Silvia Brandalise, esses momentos dão oportunidade de manifestar a felicidade vendo, a longo prazo, exemplos de solidariedade e fraternidade que retratam a verdadeira cidadania. “O exemplo mais rico que podemos ver na nossa vida aqui na terra é servimos para ajudar a comunidade, ajudar o outro. Felizes são aqueles que podem compartilhar, que podem dividir”, relatou.

 

A médica também reforçou o fato da tecnologia fazer sentido quando é usada para o bem. “A tecnologia só faz sentido quando utilizada para um bem maior. Tudo só faz sentido se a sociedade for mais feliz, se tivermos menos doenças, se pudermos resgatar o homem na sua completude, física, mental e social e nossa tarefa é concretizar o que conhecemos para este benefício maior”, concluiu.

 

A aquisição do novo aparelho, que custa R$ 4 milhões, foi possível graças a uma doação da empresária mineira Maria Cláudia Ballesteros (R$ 1 milhão) e a contribuição arrecadada com a compra do Título de Capitalização Filantropia Premiável Vida Cap (R$ 3 milhões).

 

Sobre o Centro Infantil Boldrini

 

O Centro Infantil Boldrini é o maior hospital especializado na América Latina, que há 41 anos atua no cuidado a crianças e adolescentes com câncer e doenças do sangue.

 

Atualmente, o Boldrini trata cerca de 10 mil pacientes de diversas cidades brasileiras e alguns de países da América Latina, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

O Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, comparáveis ao primeiro mundo, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças.