fbpx

Prefeitura divulga gabarito das provas objetivas dos concursos de 2019

A Secretaria de Recursos Humanos divulgou nesta quarta-feira, 11 de setembro, os gabaritos das provas objetivas aplicadas no último domingo, 8. Os documentos podem ser consultados no Diário Oficial do Município (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/) e no link “Concursos e Empregos” (http://www.campinas.sp.gov.br/empregos_concursos.php). Para saber a versão de sua prova e conferir seu gabarito, o candidato deve acessar a área do candidato no site da Vunesp (www.vunesp.com.br).

O prazo para interpor recurso começa no dia 12 de setembro e termina às 23h59 do dia 13 de setembro. Os pedidos devem ser feitos diretamente no site da Vunesp (www.vunesp.com.br), na área do candidato.


Para as provas de domingo, 8 de setembro, foram convocados mais de 67,7 mil candidatos. No período da manhã, o índice de abstenção foi de 29,67%. Dos 35.458 inscritos, 10.519 não compareceram. Já a tarde, a abstenção foi menor, 23,86%. 7.714 candidatos, dos 32.325 inscritos, não compareceram.

Os testes foram aplicados para os inscritos aos cargos de: professor de educação básica II, coordenador pedagógico, agente fiscal tributário, agente administrativo, professor de educação básica I (educação infantil); professores de matemática, geografia e educação especial; instrutor surdo, analista de tecnologia da informação, arquiteto, desenhista, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro elétrico, engenheiro de saúde e segurança do trabalho, técnico em agrimensura, técnico em edificações, técnico em segurança do trabalho, agente de fiscalização, analista de gestão de pessoas, contador, especialista em informação (biblioteconomia), supervisor educacional e economista.

De acordo com Juliana Miorin, coordenadora de Concursos, Recrutamento e Seleção, a aplicação da prova foi tranquila, sem incidentes. “A prova transcorreu de forma tranquila, sem registro de incidentes. Os candidatos devem continuar acompanhando, no cronograma, as próximas ações, como publicação das notas e também da classificação”, explicou Juliana. Ainda é importante destacar que há cargos com etapas adicionais, como as fases de prova de títulos, prova prática, exame antropométrico e teste de aptidão física, estes para guarda municipal. Portanto, os candidatos devem ficar atentos ao concurso para o qual se inscreveram e acompanhar o cronograma.

Outros cargos

Neste domingo, dia 15, 35.769 candidatos farão provas. Serão 23 escolas no período da manhã e 14 à tarde.

Os inscritos para os cargos de médico (geral, ginecologia e obstetrícia, medicina da família e comunidade, medicina do trabalho, pediatria e psiquiatria), dentista, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, médico veterinário, nutricionista e psicólogo farão prova no período da manhã.

À tarde, a prova será aplicada para os seguintes cargos: agente de apoio a saúde (farmácia), auxiliar de saúde bucal, técnico em análises clínicas, auditor de controle interno e guarda municipal (feminino e masculino). Já a prova para auditor fiscal será realizada durante a manhã e a tarde do dia 15 de setembro, para todos os inscritos nesse cargo.

Concurso 2019

Mais de 103 mil candidatos disputam uma das 266 vagas oferecidas pela Prefeitura de Campinas. No geral, são 389,29 candidatos por vaga.

Dos cargos, o mais concorrido é de agente tributário, com 5.310 candidatos disputando duas vagas (2.655 candidatos por vaga). Em segundo lugar, está o cargo de auditor fiscal, com 2.203 candidatos por vaga – são 4.407 inscritos para duas vagas. (confira abaixo a relação completa). Enfermeiro aparece em terceiro (1.389 candidatos x vaga), seguido do agente administrativo, que tem o maior número de inscritos: 22.580 candidatos para 20 vagas, uma relação de 1.129 candidatos por vaga.

Para este concurso, o salário base dos cargos oferecidos varia de R$ 2.156,00 a R$ 8.232,52. Os admitidos terão, ainda, o auxílio-alimentação no valor atual de R$ 1.041,51 e vale-transporte, que é um benefício opcional, a ser utilizado dentro do município de Campinas e concedido mediante desconto de 3% dos vencimentos. Para algumas categorias, também são pagos adicionais, o que está previsto em lei e também nos editais.