fbpx

Prefeitura oferece cursos livres e formações culturais para população

Exercitar-se, ampliar os conhecimentos, aprender uma habilidade artística. Estas são algumas das atividades que a Prefeitura de Hortolândia oferece, por meio de cursos livres e formações culturais, à população em diversos espaços públicos culturais da cidade. 

As atividades são voltadas para pessoas de diferentes faixas etárias, crianças, jovens, adultos e idosos. Os cursos livres têm duração de um semestre. Já as formações culturais são cursos profissionalizantes, com duração de dois anos. 


De acordo com a gerente da Divisão de Cidadania Cultural da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, Valmerinda Guilherme da Silva, as atuais turmas foram iniciadas em outubro do ano passado e estão previstas para terminar em março, quando deve ser aberto o período de inscrição para as novas turmas. Até lá, os interessados podem procurar algum dos espaços culturais, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, para assinar a lista de interesse. 

Um dos cursos livres oferecidos é o de capoeira. Esta atividade é aberta para crianças a partir dos cinco anos de idade. Um dos elementos mais característicos da modalidade é o berimbau, instrumento de percussão que é tocado enquanto os praticantes jogam capoeira. A sonoridade peculiar do instrumento foi uma das coisas que atraíram a jovem Laísa Maria, de 11 anos, a fazer o curso no Armazém das Artes “Carlos Vilela”, espaço da Prefeitura localizado no Jd. Nossa Senhora de Fátima. “Eu gosto de tocar o berimbau porque me traz uma sensação boa”, destaca a menina. Graças ao curso, Laísa quer continuar firme na prática da modalidade. “Quero me tornar mestra de capoeira”, afirma. 

A capoeira é também uma boa opção de atividade física. Foi por este motivo que a auxiliar de cabeleireiro, Vanessa Cardoso, decidiu inscrever o filho Isaac, de cinco anos. “Ele não gosta de ficar parado. Por isso eu o trouxe para fazer o curso”, explica a mãe. De acordo com a Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, o curso de capoeira também é oferecido no Centro Cultural “Inês Aparecida da Silva Afonso” – Escola de Artes “Augusto Boal”, localizado no Jd. Amanda. 

Além de capoeira, os demais cursos livres oferecidos são arte para crianças, balé, canto coral, dança de rua, dança de salão, dança sertaneja, dança do ventre, fotografia, grafite, jazz, musicalização infantil e teatro (iniciação). Já as formações culturais são arte dramática e dança. Os cursos e formações são ministradas por arte-educadores selecionados em 2018 pela Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer por meio de edital de credenciamento.

Confira abaixo quais são os espaços culturais e os cursos e formações que cada local oferece:

– Armazém das Artes “Carlos Vilela”: artes para crianças, balé, canto coral, capoeira, dança de salão, dança do ventre, violão e teatro (Iniciação)

Endereço: rua Sebastião Lázaro da Silva, 654, Jd. Nossa Senhora de Fátima

– Centro Cultural “Inês Aparecida da Silva Afonso” – Escola de Artes “Augusto Boal”: artes para crianças, balé, capoeira, dança de rua, dança do ventre, teatro (iniciação)

Endereço: rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jd. Amanda

– Setor Cultural “Arlindo Zadi”: artes para crianças, balé, canto coral, dança de rua, dança de salão, dança sertaneja, dança do ventre, jazz, musicalização infantil,, teatro (iniciação) e violão

Endereço: rua Graciliano Ramos, 280, Jd. Amanda

– Instituto Federal de São Paulo – Campus Hortolândia: canto coral e dança de rua

Endereço: av. Thereza Ana Cecon Breda, s/nº, Vila São Pedro