fbpx

Prefeitura participa da abertura de Feirão da CEF e fala em parceria

 

 

O secretário de Habitação e presidente da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas), Vinicius Riverete, representando o prefeito de Campinas e presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette, participou da abertura oficial da Feira Imobiliária promovida pela Caixa Econômica Federal. A cerimônia foi realizada no Espaço Expo Dom Pedro, no Parque Dom Pedro Shopping, na tarde desta sexta-feira, 20 de setembro.

 

 

De acordo com o banco, até o próximo domingo, dia 22, aproximadamente oito mil pessoas devem passar pelos stands de comercialização, onde serão oferecidos à população mais de 17 mil unidades, um volume 38% maior que o número ofertado no mesmo evento de 2018. Serão 116 empreendimentos, dos quais 48 estarão disponíveis em Campinas prontos ou na planta. Também fazem parte das ofertas imóveis que foram a leilão.


 

 

Do total de empreendimentos disponibilizados, 94 são vinculados ao Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) e os demais estarão vinculados ao Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

 

 

Para o superintendente executivo da Caixa Econômica Federal para o Interior do Estado de São Paulo, Renato Scalabrin, “o evento tem tudo para ser um grande sucesso de vendas”. A expectativa do banco é fechar R$ 450 milhões em negócios.

 

 

O secretário de Habitação e presidente da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas), Vinicius Riverete, disse que a Caixa sempre foi uma parceira permanente e que torce pelo sucesso da feira. “Quero agradecer a Deus, primeiramente, e ao prefeito Jonas Donizette por esta oportunidade de representá-lo neste grande evento da Caixa, que tem sido nossa parceira tanto nos empreendimentos como no Trabalho Técnico Social desenvolvido junto aos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), Faixa 1”, afirmou.

 

 

Riverete lembrou que “em Campinas, estamos desenvolvendo o maior programa de Regularização Fundiária do País, ao mesmo tempo em que aprovamos a Lei Ehis-Cohab, que agiliza e reduz prazos para a implantação de unidades habitacionais de interesse social no município. Aliás, através desta lei, em apenas 22 meses de vigência já temos 359 áreas analisadas, sendo que, deste total, proprietários de 43 áreas já firmaram contrato de parceria conosco, um potencial para gerar cerca de 27 mil unidades. Espero que, nestes três dias, vocês comercializem todas as 17 mil unidades e que, assim, continuem realizando sonhos. Sucesso a todos”, completou.

 

 

Participaram do evento o secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo, André von Zuben, autoridades da cidade e região, representantes de entidades ligadas aos setores da habitação e da construção civil, construtoras, incorporadoras, imobiliárias, além dos mais de 30 expositores.