fbpx

Prêmio das Nações Unidas para a Defesa Civil é apresentado ao prefeito

O troféu do Prêmio Sasakawa das Nações Unidas para a Redução de Desastres, recebido pela Defesa Civil de Campinas em maio deste ano, foi apresentado ao prefeito Jonas Donizette na manhã desta sexta-feira, 31 de maio, no gabinete, pelo diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado; pelo representante da Defesa Civil do Estado de São Paulo, Fauzi Katibe; e pelo conselheiro global do setor privado na UNDRR (Escritório das Nações Unidas para Redução do Risco de Desastres), Fernando Brito.

 

 

 

A premiação ocorreu no dia 16 de maio em Genebra, na Suíça. O diretor da Defesa Civil de Campinas representou o município na cerimônia. Esse é o mais importante prêmio internacional concedido a instituições que tomam iniciativas ativas na redução de riscos de desastres. 


 

 

 

O prefeito Jonas Donizette comentou sobre o reconhecimento que o trabalho da Defesa Civil de Campinas já tem pela população e de como a cidade está preparada para atender a grandes ocorrências. “Este prêmio vem destacar a qualidade dos profissionais e do trabalho intersetorial desenvolvido pela Defesa Civil de Campinas”, disse o prefeito.

 

Campinas concorreu ao prêmio com 61 candidaturas de 31 países e o Departamento da Defesa Civil de Campinas foi o escolhido pela abordagem única de comunidade sustentável e pelo compromisso com a inclusão de todos os grupos vulneráveis no mapeamento para mitigação de riscos. O prêmio é concedido a cada dois anos. 

 

 

 

”É a premiação mais importante da Defesa Civil e demonstra a importância da integração de ações e políticas públicas entre diferentes setores e esferas de governo”, disse Sidnei Furtado.

 

 

O grande mérito de Campinas, conforme o diretor da Defesa Civil, é a integração de políticas públicas para a redução de riscos e desastres e o auxílio a mais de 900 cidades brasileiras na adesão da Campanha Cidades Resilientes da ONU. “É motivo de orgulho. Campinas é um destaque no sistema de Defesa Civil do Estado”, completou Katibe, em referência ao prêmio.