fbpx

Profissionais da rede socioassistencial fazem capacitação em gerontologia

Mais de 40 profissionais que atuam na direção e operacionalização das organizações da sociedade civil voltadas para trabalhos com idosos e aqueles que desenvolvem atividades intergeracionais que compõem a rede socioassistencial de Campinas receberam, na última quarta-feira, dia 13 de junho, certificação do curso de capacitação na área de gerontologia e suas interfaces com a oferta de políticas públicas para pessoas idosas.

 

O objetivo do curso foi compartilhar conhecimentos e experiências para promover ações sociogerontológicas, articuladas pela rede municipal intersetorial, no contexto dos direitos humanos e das políticas sociais. Foram cinco encontros presenciais, que tiveram início em abril.


 

A capacitação é resultado de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) e a PUC Campinas, articulada pela Coordenadoria de Políticas para a Pessoa Idosa (CPPI). O trabalho contou com a participação de estudantes do curso de Serviço Social da PUC Campinas, que estavam sob a orientação da professora Jeanete Martins de Sá.

 

A secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas, Eliane Jocelaine Pereira, esteve no encerramento das atividades com o intuito de conhecer a apresentação dos projetos integrativos. Na ocasião, parabenizou os participantes e parceiros que viabilizaram a realização das oficinas sociogerontológicas e falou da importância da troca de experiências entre a academia e o poder público.

 

“O compartilhamento de conhecimentos e experiências propicia a identificação de ideias inovadoras convergentes para o aprimoramento da legislação e da efetiva oferta de políticas públicas, neste caso, aos idosos”, observou.

 

“Acreditamos que a construção e disseminação desses conhecimentos podem contribuir para o fortalecimento do sistema de garantia de direitos da pessoa idosa em Campinas. Por isso, a participação de profissionais das entidades que compõem a rede de assistência social é fundamental”, ressaltou o coordenador da CPPI, Anderson Gonçalves.

 

Gerontologia

 

Gerontologia é a ciência que estuda o processo de envelhecimento humano em suas dimensões biológica, psicológica e social com o objetivo de atender às necessidades físicas, emocionais e sociais do idoso.