fbpx

Projeto de lei prevê orçamento de mais R$ 6,2 bilhões para 2020

O projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), prevê, para 2020, um orçamento de R$ 6,2 bilhões, valor 7,19% maior que o previsto para 2019. O documento foi protocolado na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, 30 de setembro.

Saúde e Educação concentram a maior parte do Orçamento. A Primeira receberá recursos na ordem de R$ 1.557 bilhão, sendo R$ 1,274 bilhão para a Secretária de Saúde e R$ 283,4 milhões para a Rede Mário Gatti. Já a Educação contará com um orçamento de R$ 1,207 bilhão.


A Secretaria de Serviços Públicos ficar[a com o terceiro maior orçamento. Para 2020, a Pasta receberá quase R$ 445 milhões. Os recursos serão utilizados para manutenção da cidade.

Outra pasta que receberá um investimento significativo é a área de Transportes, que terá para o próximo ano um orçamento de R$ 294.063 milhões. Uma parte significativa do recursos será utilizado para as obras do BRT, que está prevista para ser concluída em meados de 2020.

O prefeito Jonas Donizette lembra que desde o início do governo, as áreas sociais são as que concentram a maior parte do orçamento. "Nosso investimento em Saúde e Educação cresce a cada ano. Além de concentrarem a maior parte do nosso orçamento, são pastas que, mesmo durante a crise, não tiveram redução dos valores destinados a elas”, explicou.

O projeto de lei agora segue para análise dos vereadores e os trâmites normais para votação.