fbpx

Sanasa atrai interesse de vários municípios em feira de saneamento

Aproximadamente 1.800 pessoas passaram pelo estande da Sanasa na Feira de Saneamento montada durante o 49º Congresso Nacional de Saneamento da Assemae, realizado entre os dias 6 e 10 de maio, no Centro de Eventos Pantanal, em Cuiabá (MT).

 

 

 

Além dos painéis e das mesas-redondas sobre temas importantes para o setor de saneamento, na quinta-feira (09), vários técnicos de diferentes setores da empresa expuseram trabalhos por meio de apresentações orais e pôsteres. O gerente do Contencioso, Gilberto Jacobucci Júnior, foi um dos palestrantes do Seminário Jurídico, ao lado de representantes da USP e da Assemae. 


 

 

 

‘Educação ambiental através da ludicidade – uma proposta para o saneamento’ foi o tema apresentado por Luís Antonio dos Santos. Marta Akico Sato falou sobre o ‘Relatório de Sustentabilidade GRI – uma ferramenta de transparência e gestão para as empresas de saneamento’. Os funcionários José Gabriel Camargo e Luis Gustavo de Lima apresentaram, respectivamente, os trabalhos ‘Partida e operação dos reatores UASB da ETE Sousas’ e ‘Avaliação dos parâmetros de uma planta de lodos ativados: estudo de caso ETE Parque das Constelações’. 

 

 

 

A Sanasa também foi representada por Sônia Maria dos Santos Souza, com a apresentação do tema ‘Ressarcimento de danos em imóveis e veículos causado por problemas nas redes de água e esgoto; Ana Lúcia Vieira, com ‘Agenda 2030: ODS6 na trajetória do engajamento da comunidade local de uma empresa de saneamento’; Ana Paulo Cherubin, com ‘Instituição de políticas de gestão da informação de memória empresarial’; e Rafaela de Lima, com o trabalho ‘Influência do recebimento de efluentes não domésticos em uma estação de tratamento de esgoto no município de Campinas’. 

 

 

 

De acordo com o gerente de gestão da Qualidade e Relações Técnicas e vice-presidente da Assemae, Alessandro Tetzner, a Assemae, a cada ano, vem aperfeiçoando o Congresso e a participação maciça dos serviços de saneamento tem sido o grande diferencial. “Este ano em Cuiabá, ano em que a entidade completa 35 anos de atuação, tivemos salas repletas, a feira com uma movimentação constante de participantes e o resultado deste conjunto é o fortalecimento do municipalismo, bandeira principal de defesa da Assemae”, concluiu.