fbpx

Notícias Campinas

Portal de Notícias da RMC

Sarau discute enfrentamento à violência doméstica com grupo de jovens

Com o objetivo de fomentar a discussão sobre violência de gênero doméstica, esclarecer os tipos de violência e as formas de identificá-los, o Movimento das Minas, grupo de jovens do Centro de Referência (Cras) Espaço Esperança realizou, no último sábado, dia 1 de junho, um sarau com o tema “Enfrentamento à violência contra a mulher”. A ação contou com o apoio das Secretarias Municipais de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, de Saúde e de Educação e da Coordenadoria do Juventude.

 

 

O evento reuniu mais de 150 pessoas, entre jovens de 18 a 25 anos, convidados e técnicos dos serviços, na Escola Municipal Padre José Narciso Ehrenberg, no Jardim São Marcos. As psicólogas do Centro de Saúde São Marcos e do Cras Espaço Esperança, duas jovens do Movimento das Minas e uma psicóloga convidada da Reaju (Rede Articula Juventude), comandaram a roda de conversa que abriu as atividades do dia.


 

 

Para a responsável técnica do Cras Espaço Esperança, Giovana Ferreira Frau Paulino, o encontro com esses jovens é de extrema importância. “O Movimento das Minas foi criado justamente para discutir todo o tipo de violência contra a mulher e para conscientizar a comunidade. Assim, a reunião contribui coletivamente já que as jovens podem ser protagonistas como agentes de transformação”, disse.

 

 

Após a roda de conversa com as especialistas, teve apresentação artística do Grupo Primavera e oficinas de Hip Hop, desenho em tecido, desenho e escrita em papéis, oficina de teatro, decoração de chinelo, entre outras atividades.

 

 

A coordenadora do Cras Espaço Esperança, Ismênia Oki, conta que o Movimento das Minas é um grupo de jovens mulheres do Centro de Referência, que está caminhando para se tornar um coletivo independente. “Aos poucos essas jovens estão se apropriando do tema e, em breve, formarão uma rede de apoio na comunidade”, relatou.