fbpx

Saúde determina que casos suspeitos de dengue sejam prioridade nos CSs

A Secretaria de Saúde de Campinas determinou que os casos suspeitos de dengue sejam tratados como prioridade em todos os 65 Centros de Saúde do município. As unidades farão o acolhimento dos pacientes com sintomas da doença e, se necessário, coleta de exames e hidratação.

 

Dados divulgados pelo Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) nesta segunda-feira, 1º de abril, informam que Campinas tem 799 casos confirmados de dengue. A região mais afetada é a Noroeste, com 370 confirmações.


 

Foram estabelecidas duas unidades de referência na rede – Centro de Saúde São Bernardo, que é próximo ao Hospital Mário Gatti, e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Campo Grande, que fica na região mais afetada pela dengue.

 

Os dois serviços terão cada um uma equipe exclusiva para atender casos da doença, com enfermagem, médico, coleta de exame e sala de hidratação. O primeiro já está em funcionamento e o segundo está em fase de organização.  

 

Na próxima quarta-feira, 3 de abril, haverá uma reunião entre o Devisa, Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, Hospital da PUC e toda a rede hospitalar privada para informar os números e organização de manejo clínico e assistência ao paciente de dengue.

 

Além disso, continuam as ações de controle de criadouros e nebulização nas regiões afetadas pela doença, que são priorizadas  de acordo com o número de casos. Também estão sendo realizadas ações educativas em escolas. 

 

Nesta segunda-feira, o Devisa iniciou a distribuição de um material técnico para todos os hospitais e unidades de saúde das redes pública e privada para manejo e atendimento ao paciente com suspeita da doença.

 

A Secretaria de Saúde, por meio do Gabinete do secretário de Saúde, Carmino de Souza, está monitorando a situação diariamente, com comunicação direta com Centros de Saúde, com as equipes que atuam em campo, no nível central e nas ações de assistência e de vigilância em Saúde. Caso necessário, medidas adicionais serão implementadas.