Connect with us

Nossa Cidade

Saúde divulga novo boletim sobre dengue e reforça necessidade de cuidados

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de Campinas divulga nesta terça-feira, 15 de junho,  dados sobre os casos de dengue registrados no município em 2021. Segundo  boletim do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), por meio do Programa Municipal de Controle de Arboviroses, o município registrou, de 1º de janeiro até 14 de junho, 1.794 casos confirmados da doença. 

Com o coeficiente de incidência de 147 casos para cada 100 mil habitantes,  não há registro de óbitos por dengue entre os moradores do município este ano.


De acordo com a Devisa, no período abrangido pela pesquisa, a região com maior número de casos é a Sudoeste, com 418; seguida pela Norte, com 412; e em terceiro, a região Sul, com 392 casos. As regiões Leste e Noroeste registraram, respectivamente, 334 e 238 casos.  

Novas áreas de transmisssão

A Devisa alerta que os bairros Jardim Guarani e Jardim Paranapanema, na região Sul, e os bairros Bosque das Palmeiras, San Martin e Vila Olímpia, na região Norte, são novas áreas com transmissão de dengue neste momento.

A Prefeitura desencadeou ações de nebulização, remoção de criadouros e orientação da população nessas áreas.

“É importante que a população se mobilize e intensifique os cuidados para inviabilizar criadouros pois, só assim, conseguimos interromper o ciclo de vida do mosquito e controlar a dengue”, alerta a coordenadora do Programa de Controle de Arboviroses, Heloiza Malavazzi. 

Segundo a coordenadora, a Prefeitura desencadeia ações permanentes para controle de criadouros do mosquito transmissor da dengue mas, para atingir maior efetividade nas ações, precisa que a população contribua com a tarefa: “o controle de criadouros deve ocorrer, no máximo, no intervalo de uma semana, para interromper o ciclo de vida do mosquito”, orienta.

Para mais informações sobre o combate à dengue em Campinas, acesse o portal https://dengue.campinas.sp.gov.br/ , que também traz orientações para a população e os alertas com os bairros com mais risco de transmissão da doença.

Em 2020, Campinas teve 3.965 casos confirmados e um óbito decorrente da dengue.

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.