Connect with us

Nossa Cidade

Secretaria agradece colaboração da Feac na campanha do Junho Violeta

Representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas visitaram a Feac (Fundação das Entidades Assistenciais de Campinas) para agradecer o apoio da Organização da Sociedade Civil (OSC) à campanha do Junho Violeta. A reunião foi realizada na segunda-feira, dia 27, na sede da Fundação, na Vila Brandina.

“Sempre costumo dizer que política pública se faz com parceria e somos muito gratos ao apoio da Feac”, afirmou Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.


Em Campinas, a campanha contou com uma programação para marcar o Junho Violeta, mês de conscientização sobre a violência contra idosos. A Vigilância Socioassistencial produziu um boletim especial voltado ao tema, a Secretaria de Assistência criou um hotsite e a Unicamp realizou seminário abordando diversos aspectos da questão.

“A questão da violência contra o idoso afeta de modo expressivo a sociedade e precisamos criar uma cultura de paz para superar esse desafio”, afirmou a secretária. Em Campinas, o Dia Municipal de Conscientização da Violência Contra os Idosos é 15 de junho, conforme lei 14.052/2011.

Segundo dados do boletim da Vigilância Socioassistencial, Campinas teve, de 2019 a 2021, 336 notificações sobre violência contra idosos. A mulher é a maior vítima de violência nesses casos, registrando 72,6% das ocorrências. A violência física predomina dos 60 aos 79 anos e a negligência é o tipo de situação mais frequentes para idosos acima de 80 anos. Os filhos são os principais agressores, com 29,3% dos casos, seguidos das filhas, com 17,3%, e do cônjuge, em 11,3% dos casos.

 O Junho Violeta foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, no ano 2006.

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.