fbpx

Secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança se reúne com Moro

Em uma audiência na última terça-feira, dia 12 de fevereiro, o secretário municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública de Campinas, Luiz Augusto Baggio, levou ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, informações sobre a atuação das Guardas Municipais como agente preventivo. Baggio, que também é vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários e Gestores Municipais de Segurança (Consems), reforçou que a ação realizada nos municípios evita o crime.

“Nós somos a estatística que não acontece”, avalia o secretário ao analisar a participação e a importância do trabalho realizado pelas guardas municipais para evitar que ocorrências se tornem números da criminalidade.


Na reunião com o ministro Moro também estavam presentes o presidente do Consems, Manoel Marcio Alencar Sampaio, e diretores do Conselho. Outro assunto discutido foi a criação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP). O foco é a necessidade da participação dos municípios na elaboração de políticas públicas de Segurança e o repasse de verbas do Governo Federal para investimentos na área. 

 

Propostas

 

O secretário de Campinas e os conselheiros do Consems levaram ao ministro as principais reivindicações das Guardas Municipais contidas na “Carta de Campinas”, elaborada durante o II Encontro das Guardas Municipais, que foi realizado em Campinas em agosto do ano passado. Também foi entregue um documento com as Conclusões do Fórum de Segurança dos Secretários e Gestores municipais de Segurança, ocorrido no final de novembro de 2018, durante a 74ª Reunião dos Prefeitos da Frente Nacional dos Prefeitos, em São Caetano do Sul.

Entre as sugestões, destacam-se: o repasse de verbas federais para os municípios para investimento na Segurança e políticas públicas voltadas para a prevenção à criminalidade; ampliação dos investimentos em cursos e treinamentos dos agentes de segurança pública; e regularização das guardas municipais ainda sem certificação e definição da questão sobre o porte de armas para os guardas.

O ministro ouviu com interesse a exposição sobre o trabalho das guardas nos municípios e enfatizou que o enfoque do Governo Federal é combater a criminalidade com todas as forças de segurança disponíveis, segundo Baggio.