fbpx

Seminário apresenta Patrimônio Cultural de Campinas

O seminário Educação e Sustentabilidade no Patrimônio Cultural de Campinas que ocorreu nesta segunda-feira, dia 21 de outubro, integra a Jornada do Patrimônio Cultural. A jornada teve início na última quarta-feira, dia 16 de outubro, com a abertura da exposição “Um Rosário de Memórias”, que ficará no saguão do Paço Municipal até o próximo dia 31. 

 

Os trabalhos apresentados no seminário, que contou com a participação de 150 pessoas, tratam do patrimônio industrial, de intervenções em leitos férreos desativados, patrimônio escolar e patrimônio imaterial.  Foram elaborados por alunos das faculdades de arquitetura e urbanismo – Pontifícia Universidade Católica de campinas (PUC – Campinas), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade São Francisco e Universidade Paulista (Unip).


O debate permitiu a discussão de aspectos importantes relacionados a valorização e preservação do patrimônio do município. Durante o evento foi lançado o Guia Arquitetônico de Campinas, elaborado pelo aluno de arquitetura da Unicamp, Andrey Cintra Gomes Marcondes. Além de ser distribuído aos participantes, o guia ficará disponível para retirada no Departamento de Planejamento, que fica no 19º andar do Paço Municipal.

 

O Seminário foi organizado a partir do convite feito pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (Seplurb) por meio do Departamento de Planejamento (Deplan) às universidades para participarem desta jornada, promovida pela Secretaria de Cultura com apoio do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat)

 

“O objetivo de envolver as universidades foi levar ao conhecimento de um público mais amplo trabalhos desenvolvidos nos cursos de arquitetura e urbanismo que tratam do patrimônio de Campinas, como forma de atrair o interesse e instigar a imaginação do cidadão, tendo em vista as orientações do Plano Diretor que destaca a importância da preservação, valorização e inserção do patrimônio do município na dinâmica urbana,” relatou a diretora do Deplan Carolina Baracat.

 

A exposição “Um Rosário de Memórias” é uma realização do Centro de Memória da Unicamp, com patrocínio da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Campinas (AEAC), e apoio do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e Núcleo Campinas.