fbpx

Tear: Prefeitura lança rede social para conectar educadores ambientais

A Prefeitura de Campinas lançou na manhã desta sexta-feira, 3 de maio, a rede social pública Tear – Tecendo a Educação Ambiental em Rede. A ferramenta, inédita, foi desenvolvida com o objetivo de conectar todas as pessoas da cidade envolvidas com a questão da educação ambiental. 

 

 

O evento ocorreu no Salão Vermelho e contou com a participação do prefeito Jonas Donizette, do secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS), Rogério Menezes; da secretária de Educação, Solange Pelicer, do presidente da Informática de Municípios Associados (Ima), Fernando Garnero; do presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal, Luiz Carlos Rossini; de educadores ambientais e de alunos da Emef Elza Maria Pelegrini Aguiar e da Escola Estadual Professor Coriolano Monteiro.


 

 

Rede Social

 

 

O sistema Tear é uma ferramenta gratuita que pode ser acessada pelo computador e também por dispositivos móveis para promover a interligação de pessoas interessadas na questão da educação ambiental. Trata-se de uma rede social em que os participantes podem postar mensagens, curtir, comentar, 

seguir pessoas de acordo com o perfil e solicitar amizade.

 

Ao acessar pela primeira vez, o interessado precisa responder a perguntas que definirão seu perfil como Ecocidadão, Espaço de Educação Ambiental, Empresa ou Educador.

 

 

O Tear possui, também, um dispositivo de georreferenciamento que localiza usuários, projetos e espaços onde são desenvolvidas ações de educação ambiental, com opções de buscas por região ou por bacia hidrográfica. 

 

 

“Diagnosticamos que Campinas abriga muitas ações de educação ambiental mas elas não conversam entre si, uns não sabem o que os outros fazem. Agora, com o aplicativo, há a possibilidade de interação entre os atores, de ‘costurar’ as ideias, e formar um grande tecido social em prol do meio ambiente”, disse Menezes.

 

 

Segundo o secretário, o georreferenciamento será usado também como ferramenta de gestão ao fornecer indicadores para o planejamento das ações ambientais. 

 

 

Para o prefeito Jonas Donizette, o aplicativo Tear une duas características indissociáveis nos dias de hoje: tecnologia e meio ambiente. “Criamos essa rede tanto para os profissionais quanto para os que querem melhorar o mundo onde vivemos. E a parte ambiental é primordial no processo de promover a qualidade de vida das pessoas”, disse o prefeito.

 

 

Gestão da rede

 

 

As interações na rede social passarão por moderação de servidores da SVDS para evitar o uso indevido do espaço e garantir o máximo de segurança para os usuários.

 

 

A ferramenta conta também com espaço de denúncia para publicações indevidas, e o usuário tem que assinar um termo de uso antes de ingressar.

 

 

A criação de uma rede de educação ambiental, prevista no Plano Municipal de Educação Ambiental (2017), foi materializada no aplicativo Tear.

 

 

Desenvolvimento

 

 

Os trabalhos dos técnicos da Ima para desenvolver o Tear começaram em dezembro de 2017. Inicialmente, o projeto foi concebido como um portal, mas  tomou outro rumo e foi identificada a necessidade de o software funcionar como uma espécie de rede social, capaz de ser acessada também pelo celular.

 

 

“Acredito que Campinas seja a primeira cidade do país a ter uma rede social pública”, disse o presidente da autarquia, Fernando Garnero.

 

 

O aplicativo já está em funcionamento e pode ser acessado pelo endereço

https://tear.campinas.sp.gov.br .