fbpx

Notícias Campinas

Portal de Notícias da RMC

Técnicos do Departamento de Planejamento visitam obras do BRT

Técnicos da Secretaria de Planejamento e Urbanismo percorreram, na última quarta-feira, 3 de julho, trechos das obras do Sistema BRT (Bus Rapid Transit, transporte rápido por ônibus) que está sendo implantado no município.

 

Conforme o secretário da Pasta, Carlos Augusto Santoro, essa visita aos corredores em obras e que gradativamente estão sendo liberados para o trânsito dos coletivos dá uma ampla visão aos técnicos que são responsáveis pelo planejamento urbanístico do município. “Esse foi um momento enriquecedor para a nossa equipe. Nossos técnicos conheceram de perto a estrutura que está sendo implantada pelo Sistema BRT e as possibilidades de melhorias urbanas no entorno das estações e ao longo do traçado”, comentou Santoro.


 

De acordo com a diretora do Deplan, Carolina Baracat, que acompanhou a equipe, juntamente com o arquiteto e urbanista da Emdec, Henzo Pavoni, foi de grande valia conhecer in loco as interferências e melhorias que esse sistema de transporte trará ao município.

 

“O Deplan é responsável por traçar as diretrizes viárias do município e o BRT é uma obra que traz grande intervenção no sistema público de transporte com inúmeras melhorias urbanísticas para os bairros que estão neste traçado”, ressaltou.

 

Carolina também lembrou que o Plano Diretor Estratégico, aprovado recentemente, tem como prerrogativa planejar a cidade por meio do Desenvolvimento Ordenado pelo Transporte (DOT). “O que nossa equipe constatou é que a implementação desse sistema de transporte, pautado no ordenamento territorial, está atendendo as diretrizes do Plano Diretor”, observou.

 

Outro ponto destacado pela equipe, que também está em consonância com o Plano Diretor, está relacionado às estações do BRT. “Os pontos de parada do trem serão estratégicos para o desenvolvimento de novas centralidades no município que, com certeza, irão alavancar o desenvolvimento econômico da região”, comentou Carolina.

 

Ainda segundo Santro, o Deplan/Seplurb dispensará todos os esforços necessários para garantir a melhor forma de integração das estações do BRT com o entorno, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico via instrumentos urbanísticos previstos pela Lei de Parcelamento, Ocupação e Uso do Solo (LPOUS).

 

Transporte Rápido por ônibus

 

No Sistema do BRT serão construídos 36 quilômetros de corredores ligando os Distritos do Ouro Verde e do Campo Grande ao Centro. A obra também terá 16 pontes e viadutos, 38 estações e cinco terminais. A entrega da obra está prevista para meados de 2020.

 

Com investimento de R$ 450 milhões e geração de dois mil empregos diretos, o BRT é a maior obra de mobilidade urbana em execução no País.

 

No último dia 26 de junho, o prefeito Jonas Donizette entregou um trecho de 1 quilômetro e oitocentos metros (1,8 km) do BRT no Corredor Ouro Verde nas Avenidas Ruy Rodriguez e Camucim, desde a altura do Shopping Ouro Verde até a Avenida Aglaia.

 

Com essa liberação, as faixas exclusivas do BRT neste trecho começaram a ser utilizadas pelos ônibus do atual sistema de transporte público coletivo municipal. Este trecho inaugurado, beneficia 31 mil passageiros do transporte coletivo, com destaque para os usuários da região do bairro Vida Nova.

 

Em maio, foram liberados os novos acessos viários entre o Parque Industrial e o Jardim Miranda. A região, por onde passa o BRT Perimetral, é um importante elo entre as avenidas John Boyd Dunlop e Amoreiras.

 

Com o BRT pronto, as viagens ficarão mais rápidas em cerca de 30 por cento, um ganho em torno de 40 minutos somando ida e volta do Centro até os Distritos. Serão beneficiadas cerca de 450 mil pessoas, quase metade da população de Campinas.